Teu Sonho Logo

3 crianças de rua viram lendas do Teu Sonho Online Interprete Seus Sonhos

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

We stand with Israel

Interpretação Dos Seus Sonhos:

3 crianças de rua viram lendas do rock

Qual É O Significado De 3 crianças de rua viram lendas do Em Um Sonho

O Que Significa 3 crianças de rua viram lendas do Em Um Sonho ? - Significado Dos Sonhos

crianças

Infância. Inocente. Alegria sem lucro. Aviso de brigas familiares. Sonhar com uma criança denota que você não será escrupuloso em sua moral ou prazeres. Você provavelmente causará tristeza a algum coração amoroso.

> Encontre Mais Sonhos Que Contém 'crianças'

Insatisfeito com a interpretação do sonho?

Deixe que nossos especialistas em sonhos interpretem o seu sonho

Jonas Song Intérprete de sonhos bem conhecido. Trabalhar com a cabala (cabbala) e o significado da interpretação dos sonhos judaicos para textos escritos antigos e profundos. Conhece o verdadeiro significado do mundo oculto dos sonhos.
Jonas Song
Dani Lovekind Mystica e especialista em análise de sonhos. Ao falar sobre mística, numerologia, cura e conexão - ela é a pessoa certa com quem entrar em contato. O verdadeiro significado dos sonhos está em suas mãos.
Dani Lovekind
Gal Faitelson Conexão da alma com a compreensão dos sonhos da mente profunda. Ter vasto conhecimento do espírito humano e das necessidades da mente quando se trata de ser projetado em sonhos.
Gal Faitelson
Sarita Cesana Psicóloga, com especialização  na abordagem Transpessoal e em Eneagrama. As práticas utilizadas na Psicologia Transpessoal são: Meditação Reiki Exercícios de respiração e relaxamento Interpretação de sonhos Alinhamento de chackras Interpretação de Mandalas
Sarita Cesana

Sonhos semelhantes

Sonhei que estava montado em um cavalo

Sonhei que estava montado em um cavalo branco com 2 crianças indo só semiterio, mas ao chegar só existia apenas uma casa abandonada

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma casa humilde de alvenaria, com uma escada um pouco elevada e ampla sem vedação. Estacionei o carro e desci. De fronte a casa ao pé do sopé da escada estava uma mulher sentada e crianças a brincarem ambas do sexo feminino mas uma é que me seguia, Outras pessoas, jovens quase na minha faixa etária estavam no nível acima do sopé que dava acesso a varanda. Eu sentei com a mulher a conversar mas de repente dei falta dos meus chinelos cor de rosa claro. Perguntei mas ninguém deu me atenção. Então levantei subi a elevação da escada e quase no chão da varanda no murro largo que delimitava a escada senti-me numa posição em que o meu a planta doeu pé estava virada para cima. Subiu uma mulher e remexeu nas coisas que estava numa prateleira na parede interna da varanda, então derrubou sem querer um recipiente com água, a água escorreu chão e escada a baixo. Ela disse algo que não percebi, então olhei para a planta do meu pé e estava sujo. Daí desci para procurar chinelos. Fui em direção ao carro, a criança me seguiu e não falava nada, de repente vislumbres o carro com portas traseiras abertas e o par de chinelos estava lá, simetricamente deixadas no chão do carro e os chinelos tinham marca ligeira de sujidade onde aceita a planta dos pés, me espantei por ver a cor porque eu não tinha chinelos rosa-claro. Então pensei que só podiam ser da minha namorada apesar de serem do meu tamanho, e que teria sido a criança que me seguia que deixou lá. Então olhei para a criança para ter certeza que tinha sido ela. Mas quando olhei de volta, o meu carro não estava lá. No entanto um pouco mais afastado da casa tinha uma espécie de lixeira, com ramos e restos de árvore re em cortados e deixados lá ainda com folhas verdes. Aproximei e a criança seguia-me se falar nada. Chegado lá vi um caro que parece que tinha acidentado pás com a parte frontal removida. Examinei o carro e dentro do carro no banco de trás havia roupa bem dobrada. Perto daquele carro tive a sensação de que alguém podia ter morrido naquele carro. Mas nada de sangue ou vestígios de estragos, entretanto continuava com aquele mau pressentimento. Foi quando do nada apareceu outra criança negra do sexo feminino com carta arredondada e uma expressão séria e fechada. Quis testar se ela era um fantasma ou demônio então segurei a firme pelo braço junto da articulação do ombro e pronunciei Deus mas a minha voz não saia bem fiz força para libertar minha voz mas não saía por completo. Nesses esforço de querer invocar Deus enquanto a seguva firme e ela olhando fixamente para mim. Fui transportado para minha cama onde eu estava a dormir. E enquanto segurava ainda na criança misteriosa e mesmo que já sem vê-la sentia que a segurava invocando Deus mas minha voz mal saía. Então, então olhei para o lado e eu ví uma luz dourada num padrão lindo no ar e a luz materializou se em uma figura masculina imponente mas à medida que aproximava a figura transformou-se em uma bela moça de cor bronze e uma marca que lembra estrela mas de cor preta na bochecha Direita. Importa dizer que quando via luz deixei de sentir a criança. E na cama eu estava dentro da rede mosquiteira. Quando a linda moça chegou bem perto de mim ela queria dizer algo mas a voz dela não saiu e só sorria para mim. E De repente senti e vi que não estava sozinho na cama. Estava meu filho mais velho de 13 anos e uma outra moça que não vi o rosto mas sentia a do mesmo jeito que sentia meu filho, o rosto do meu filho vi nitidamente. Eu implicava a moça linda com a marca na bochecha para ficar comigo mas meu filho e a moça que está com ele na minha cama diziam que não era necessário ela ficar que eles os dois me virariam e a linda moça com gestos concordou e apontou que eu devia estar confiar neles. Daí eles tocaram me na barriga e com os dedos pressionaram minha barriga e eu senti arrepios, não medo só uma sensação que energia no meu corpo e acordei.

Eu estava em uma roda cum duas

Eu estava em uma roda cum duas meninas indigenas e seus pais, eles estavam colocando fumo, mas era em pó em um cachimbo diferente e explicando o porquê de fazer aquilo, a importância. A casula ficou no meu colo, varias posições e momentos diferentes. Do nada os pais das crianças viraram outras pessoas que eu conheço na vida real. A gente conversava, outra moça que não sei quem era também conversava conosco sobre muitas coisas da vida. Eu sentia nesse sonho, que ele queria minha ajuda pra realizar trabalhos espirituais junto com outra parente indigena e eu até pensava em estudar e ajudar. Tudo isso pensava e sentia levantando e pegando o celular dos dois que estavam conversando comigo.  Quando entrei o celular para eles, entreguei primeiro pra a mulher e depois para o cara. Ela estava em minha direita e o cara a minha esquerda. Quando entreguei pra ele, senti algo muito estranho e diferente, eu sabia que ele tinha conseguido ver algo sobre mim e fiquei com medo mas fngi nao ter medo. Ele nao piscava nem tirava o olho de mim, ate que começou a falar "quando me falaram que meus antepassados cairam na terra, nao é sobre eles terem estado na terra, e sim que eles cairam para o plano abaixo" ele seguiu pensando e do nada estava em outro canto da varanda da minha casa, com a mulher ao lado dele e eu parada contra a parede querendo saber mais. Ele com semblante triste viu que uma alma com apenas duas vindas a terra tinha ja ido com a alma la pra baixo.... e que nunca tinha visto isso. Eu perguntei se era eu, e percebi que sim, mas antes me desesperei. Falei que nao queria ser uma má pessoa, mas eu falei tentando chorar e ele disse que era choro de mentira e a mulher concordou e bateu nas minhas costas tentando me confortar, falando estar tudo bem. No sonho eu sabia que era choro forçado mesmo. Antes disso tudo acontecer, sonhei com monstros estranhos que pareciam de desenho e nao reais atras de mim, lambendo meu pé comigo sentada no sofa da sala da tia dira e minha mae sentada do meu lado. Eu lembro que a gente ia sair pra trocar a tela do iphone da minha irmã e eu ia conversar com minha mae sobre isso e ela ficava nervosa falando e quase chorava. Mas eu nao lembro o que ela falava. Meu primo rodrigo, via um rato, e eu subi no sofa enquanto ele com a vassoura tentava tirar o rato de perto casa, mas o rato veio pra perto de mim, tentando pegar minha perna em cima do sofa.  Nessa eu tentei pegar ele, com a mao mesmo nas patas, todos falavam que eu estava errada em fazer aquilo mas fiz. Do nada o rato virou um pprco e eu tentava jogar ele pra onde estava meu primo com a vassoura mas era como se o porco percebesse isso, se segurasse e mim e me olhace com cara de "nao conseguiu" querendo dar um leve sorriso e eu continuava tentando. Ate que consegui, mas fiquei tida com furos das tentativas dele de me morder, das varias vezes que ele caia perto de mim, eu ia pegar ele de novo e ele me mordia tambem. Eu perguntei pra minha mae se eu ficaria com febre suina e se todos que tem morre e se todos que sao mordidos por porcos ficam com isso. Minha mae disse que fica, mas nao falou se morre. Eu lavava com sabão, tentando limpar na pia de um lugar que parecia a parte de fora da zona dos alunos da minha faculdade. 



Interpretação De Sonhos

Entender seus sonhos é um analisador online para a interpretação dos sonhos e o significado dos símbolos nos sonhos. Basta escrever na caixa de texto o sonho que você teve com as suas próprias palavras e deixar que nosso interpretador de PNL, API faça a mágica de interpretar o seu sonho, explicando cada símbolo dentro de seus sonhos.



Sonhos Recentes Em Nosso Site

Sonhei algun meses atrás que eu estava

Sonhei algun meses atrás que eu estava comemorando minha festa de aniversário em um local reservado quando eu chegava no local parecia mais uma escola antiga com a estrutura do local parecida com os anos 60 e então quando entrei no local vi vários colegas meus de sala e outros alunos do colégio onde frequento comemorando alegremente meu aniversário e então todos começaram a colocar a mão no ombro e fazendo então uma fila indiana com todos se divertindo e cantando e então uma colega de sala convidou a eu entrar na fila e então entrei e comecei a me divertir com eles e então paramos em uma sala aleatória e então a fila de desfez e a sala então aconchegante parecido com mais uma sala da realeza todos conversando felizes veio um garoto em minha frente com a estatura alto com seus cabelos ondulados e óculos redondos perguntou para mim todo tímido se eu era a princesa da festa e então eu respondi sim eu sou e então ele perguntou se eu queria dançar com ele e no mesmo instante que eu iria responder o mesmo grupo de pessoas que estavam na fila indiana se divertindo me convidaram novamente para se divertimos e então me juntei a eles deixando então o garoto sozinho e então neste mesmo instante fui para outro sonho mas infelizmente este outro sonho não me lembro

Sonhei que eu e minhas filhas estavam

Sonhei que eu e minhas filhas estavam na sala e a porta estava aberta. De repente um urubu entrou e ficou parado na sala. Ele saiu e minutos depois vi que queria entrar novamente na sala. Estava deitada no sofá e pedi a minha filha para fechar a porta.Mas mesmo assim, o urubu entrou e ficou no meio da sala, debaixo de um cobertor.Me pareceu que ele estava com alguma coisa pequena junto com ele, mas não consegui ver, por estarem cobertos.

Recebi uma chave para o quarto 145.

Recebi uma chave para o quarto 145. Ao entrar no elevador com um grupo de pessoas para chegar ao quarto, apertei o numero 15. Então todos do grupo me olharão e percebi que deveria ir ao 16, também percebi que o prédio so tinha 5 andares Umas das pessoas do elevador me reconheceu e falou meu nome, mais eu nunca tinha visto ela. Quando o elevador parou no 15 andar, eles abriram e fecharam rápido a porta para que eu não soubesse o que tinha no andar. Ao chegar no 16 percebi que andar era exatamente luxuoso. Como não encontrava o quarto 145, perguntei a um funcionário que estava ali. Ele me respondeu que só havia quartos até o 135, mais que eu deveria ficar ali e achar o quarto 145

Eu já tinha sonhado com caixões algumas

Eu já tinha sonhado com caixões algumas vezes, e com pessoas dentro, mas hoje eu sonhei que eu estava em uma igreja a qual eu participo, e lá na frente a onde eu estava tinha um homem em pé mostrando para as pessoas da igreja vários caixões abertos e ele pegava um por um para mostrar e ele dizia no final olhem o que acontece após a morte, e eu saia daquele lugar e entrava em minha minha casa e ali estava o meu pai colando algo e ele disse cole isso aqui, eu disse porque você não cola, ele disse tenho muitas coisas para fazer, mas ele colou mesmo assim e na porta estava um amigo meu que já foi meu namorado e noivo no passado, ele tinha vindo me buscar para ir para o ensaio da igreja, o meu pai disse você vai eu disse vou, mas é estranho que no sonho eu sabia que eu não estava mais no grupo na vida real.

No primeiro lugar meus pais estavam brigando

No primeiro lugar meus pais estavam brigando e eu falei q meu pais era muito bom por deixar ele tratar ela assim, pq se fosse eu eu já teria ido.embora a muito tempo, etc. Nisso ela começou a chorar e falou q se eu quiser ir embora em podia ( e meu sonho n morar com eles) ela entendeu que ela era assim e pediu desculpas. Eu fiquei com pena de ir embora e abracei ela. ( Tinha mais alguns detalhes porém n lembro) Dps eu apareci no segundo lugar eu só lembro o q tinha em um prédio ( eram muitas galinhas) o lugar tinha muita estranho e a sensação tbm a gente estava preso naquele " mundo".

Hoje eu sonhei que eu tava num

Hoje eu sonhei que eu tava num lugar diferente Era uma lanchonete e uma escola junto no mesmo lugar, era vidro o lado direito onde era uma lanchonete normal e o outro lado era azul escuro "banheiros" de madeira tudo sujo nesse lugar tinha varios alunos que estudava la Quando eu entrei na "escola" eu me perdi e entrei em varias salas sem saber qual era a minha ai eu nao achava a sala eu fui no banheiro e liguei pra minha irma desesperada e disse pra ela me tirar daquela lugar que eu tava mal porque eu conseguia ver a verdadeira face de um homem que estava sentado numa cadeira da "lanchonete " olhando fixamente pra mim o rosto dele era uma caveira .Eu tava com medo e nao queria que ele chegasse perto de mim porque eu nao tava entendendo nada dai implorei pra ir embora do lugar depois eu acordei