Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém com medo

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


No sonho estava eu e meu pai

No sonho estava eu e meu pai trabalha do e uma escola, meu pai na construção e eu cuidando de algumas crianças, depois que as crianças foram embora fui ajudá-lo e então um homem tenta roubar o local mas era um homem com capuz e roupa de preto eu vou para cima ele tbm me bate e então a polícia chega e o leva,tem uma menina como uma alma q aparece umas coisas verde em volta quando a provoco mas era uma alma e toda vez que passava em um corredor tinha a alma de um menininho brincando só eu conseguia ver ele estava sem roupa e faltando partes do corpo como um corpo se decomponto mas o rostinho inteiro, ele falava.pars mim oi tia quer brincar de carrinho toda vez eu sentia vontade de chorar, pois lembrava de meu filho, já que a idada parecia igual ( 3 anos) fala para meu pai que toda vez ficava com medo e ele dizia ele apenas precisq de ajuda para descansar e falei que tinha medo que queria que ele saísse e então o menininho virou algo falando grosso e um fogo flamejandlte verde em volta dele

“No meu sonho eu estava em uma

“No meu sonho eu estava em uma chácara ou sítio eu não sabia direito, mas era uma casa no meio do mato, um lugar bem bonito e tranquilo, o tempo estava extremamente úmido eu sentia a umidade na minha pele e chovia muito. Eu saia para fora e tinha duas piscinas, um gramado em volta com muita água da chuva. E dentro da piscina tinha uma cobra enorme e preta nadando em baixo no chão da piscina e meu marido e um amigo dele apoiados na borda da piscina meio q boiando, conversando numa boa sem medo da cobra e eu com medo da cobra subir e sair da piscina O amigo eu não sei quem era, mas sabia que era amigo dele e um homem. Eu falava pra eles saírem e eles não tinham medo da cobra só eu tinha dela pegar eles, eu observando de fora e longe da piscina”

Sonhei com a minha vó que Ja

Sonhei com a minha vó que Ja é falecida. Nesse sonho eu estava no hospital junto ao meu pai para visitar a minha a vó que estava na uti, mas eu estava com medo de entrar e ver o sofrimento da minha vó de novo, até que eu tomei coragem e entrei pq afinal eu tinha ido ali pra ver ela. Entrando no quarto, nos surpreendemos, pq a minha vó que havia sido desenganada pelos médicos havia recebido um milagre de Deus, uma nova chance pra viver, ela estava linda, derrepente a pele dela começou a rejuvenescer, ela voltou a sorrir, lembro de chorar muito quando vi o milagre que Deus havia operado na vida da minha vó. Só conseguia abraçar e dizer o quanto eu à amava, vi o meu pai também extasiado com o que estava acontecendo. Só que derrepente percebi que aquilo foi apenas um sonho e que horas depois recebemos a noticia do falecimento da vó, mas todos nós ja estavamos conformados pq em sonho ela havia me avisado sobre a nova vida que estava recebendo.

Sonhei que estava em uma confraternização no

Sonhei que estava em uma confraternização no conjunto de estudantes que eu moro na vida real. Estavam passando um filme ou algo do tipo. Um menino se aproximou de mim e trocamos algumas palavras; logo depois ele disse que queria ir ao banheiro mas esse banheiro era longe, tínhamos que andar dentro da cidade universitária para chegar até lá. Quando estávamos saindo do jardim e indo para a rua, o amigo dele subiu para ir conosco e uma menina aleatória nos gritou e disse que também estava "apertada" para usar o banheiro e iria com a gente. Começamos a andar mais rápido, o amigo do menino saiu correndo e tentamos fazer o mesmo pra ver se chegávamos mais rápido. No campus onde eu estudo é disponibilizado ônibus aos alunos para se locomoverem dentro da cidade universitária. No sonho um desses ônibus passou vazio, eu fiz sinal para ele parar e todos subiram menos o amigo do menino pois ele continuou correndo. Estava tudo normal até que o motorista começou a acelerar muito o ônibus e passou do ponto de parada, nós ficamos desesperados e pedíamos pra ele parar, eu puxei a corda e nada. Ele dizia "vocês precisam entender que a gente não tem que fazer oq vcs querem!". Nisso, as três pessoas que estavam no ônibus incluindo a mim disseram que iam chamar a polícia, aparentemente ele não se sentiu intimidado e continuou o trajeto. Quando pegamos o celular para ligar a polícia, ele levantou, deixou o ônibus em movimento, sacou um revólver e atirou na região cervical da menina que estava com a gente. Eu e o menino ficamos assustados e fomos para os últimos bancos. Ele se aproximou, eu fiquei com medo dele matar o menino e o abracei, balançando a cabeça em negação para como quem diz "ele não, não atire nele". Quando esse homem se aproximou de nós dois ele disse "querem chamar a polícia? pode chamar, mas vai acontecer isso aqui com vocês" e apontou pra menina baleada e desfalecida. Após isso ele completou com "eu não estava brincando, isso aqui é um sequestro " e voltou ao banco do motorista para dirigir o ônibus. Na minha mente eu só pensava em mandar uma mensagem pra minha mãe dizendo que havíamos sido sequestrados mas o medo era constante. Depois disso eu acordei e não sei o desfecho desse horror.

Esta noite eu sonhei que pegava uma

Esta noite eu sonhei que pegava uma cobra para me. ela ficava debaixo da minha cama, eu conseguir perceber que ela tinha colocado filhos" que parecia filhotes de sapos". eu conversava com minha mãe sobre ter que tirar quela cobra de lá, pois eu estava com medo de comer meu irmão, que estava do lado da cobra. eu pegava a cobra e colocava dentro de uma sacola, ela ficou na cor roxa" aa cobra sempre parecia está dormindo, ou muito lerda, em nenhum momento a cobra tentou me atacar" logo ela mudava de formato, ficava parecido um polvo do mar e começava atentar sair de dentro da sacola, agarando meus braços com os tentáculos. eu deixava ela cobra em um lugar que eu conheço, esse lugar também ficava na cor da cobra " ela já tinha voltado para seu formato de cobra". no final eu sai daquele lugar e uma tia minha aparecia com os olhos roxos, e fala assim para mim' obrigado por ter me apresentado ela" se referindo a cobra

Meu avô eu estava na casa dele

Meu avô eu estava na casa dele e estava vivo porém morrendo aos poucos,muito sangue saindo pela boca sofrendo de mais, ele tentava me avisar de alguma coisa, eu fiquei muito mal pois ele estava morrendo e ele não conseguia me contar quem foi, parecia ser meu namorado que fez isso con ele porque toda vez q ele tentava falar o que houve ou o que tinha para me avisar meu namorado não deixava mais não era ele era como se fosse o demônio no corpo dele, todos tentavam me avisar algo mais era só olhar pro meu namorado eles não falavam ficava com medo dele

Sonhei que resgatei um boi do coro

Sonhei que resgatei um boi do coro bem marrom e ele estava carregando um bebe quase nascendo. Fui ajudar no parto e vi que ele sofria muito entao eu enfiei uma faca no pescoço dele e ele quase morreu, joguei um pouco de agua na cara dele e ele volta bem nervoso avançando pra cima de mim eu fiquei com medo mais precisava tirar o bebe entao aos pouco acalmando o boi fui tentar tirar o bebe mais uma vês e o boi foi perdendo a forma de animal e virando uma mulher negra muito exausta porem brava assim q eu tirei o bebe ela começou a querer me matar e passou a bater no meu filho de um ano, fiquei desesperada tentando chamar a policia e depois de um tempo consegui entao a policia veio e levou ela mais antes de entrar na viatura ela ainda veio atras de mim na última tentativa de me matar.

Sonhei que estava viajando, passando por um

Sonhei que estava viajando, passando por um lugar lindo na estrada. Estávamos em um carro, eu mais duas pessoas, um conhecido e outro homem não conhecido, eu estava no banco de trás. O asfalto era liso, a passagem tinha bastante vegetação mais rasteiras e o chão era arenoso. Em um determinado momento passamos por uma entrada na estrada que estava a direita,, mas continuamos na estrada e depois de andar alguns poucos kms percebi que aquela estrada levava a um lugar lindo, parecia um museu tudo construindo em calcário em um formato diferente, que ficava em uma parte mais alto do terreno, cerca de 5 metro de diferença. Puder ver parte deste museu da estrada e comentei com eles. Falei "olha onde a estrada ia dar que lindo!" então seguimos e entramos a direita não muito a frente, em uma estrada de chão que tb levava ao museu, mas era preciso voltar a pé pra ver aquele lugar lindo. Havia uma estradinha estreita que ia até o lugar, com árvores na lateral da estrada…. Mas chegando perto do lugar vi várias vacas acho que umas 5 ou 6 (pareciam búfalos), uma atrás da outra filhotes e adultas, todas mortas e ensanguentadas como que atacadas por um leão, caída ao chão. Analisei mas não vi mordidas oi pedaços faltante, só sangue. Quando cheguei mais perto, algumas estavam vivas ainda, mas no último suspiro. Fiquei com medo de seguir pelo caminho e comecei a retornar. Então acordei.

Sonhei que estava na minha avó e

Sonhei que estava na minha avó e depois comecei a caminhar em uma trilha que me levava até uma casa e eu fiquei com medo

Lembro que se encontrava no meio de

Lembro que se encontrava no meio de uma rua deserta parada, quando escuto uma voz que me falava pra ficar com o menino que eu gosto, mais eu dizia que não queria e não gostava mais dele e que ela não iria me obrigar, ela tentou me puxar e me obrigar a ficar com ele, falando que eu não tinha escolha, estávamos sozinhas, a voz era feminina, me deixa com muito medo escutá-la falar... quando ela quis me levar a força eu rapidamente me saí dela e corri em direção a longa rua, com se fosse haver alguma saída.. foi então que me vi viajando entre portaes como se estivesse indo pra outro mundo, quando agressivamente ouço-a dizer: você pode não me pagar nessa vida, mais certamente na outra irá. Eu acordo e vejo um rosto no escuro do quarto me encarando.. então fico com medo e fecho os olhos, quando abro-os novamente td estava em silêncio e não havia mais ninguém, se sentia apenas o imenso silêncio do quarto ... essa foi uma noite que me trouxe medo e calafrios