Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém Amarelo

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhei que eu entrava em um ambiente

Sonhei que eu entrava em um ambiente onde estava tendo uma defumação, e eu estava esperando a minha vez para ser atendida pelo pai de santo, ao sair daquele lugar estava na cozinha da casa da minha avó, cozinhando uma sopa onde apareceu uma mulher que eu identificava como Iemanjá dizendo que eu estava fazendo uma oferenda para Ogum, em seguida de dentro da panela saiu uma cobra que era preta e quando ela subia para parede era um amarelo mas tinha a cara quadrada com dois olhos em cima e dois olhos embaixo e ria para mim, e a mulher que era Iemanjá dizia que eu tinha a espada de Ogum aí eu acordei.

Sonhei que estava na casa da minha,

Sonhei que estava na casa da minha, que já morreu. Essa casa virava um sítio e nele estava ali que parecia uma pessoa muito ruim que já passou pela minha vida. Mas meu primo e minha avó estavam lá, andavam mais na frente e tentavam matar uma aranha muito grande. A aranha corria na minha direção e meu primo a pegou com a mão. Ela era preta e amarela. Ele foi picado e eu também, embora eu não tenha encostado nela. Eu consegui tirar o veneno do meu dedo mas ele não conseguiu tirar do dele. O veneno era amarelo.

Sonhei que estava em um ritual com

Sonhei que estava em um ritual com várias mulheres me olhando me mandaram entrar em um rio muito fundo e colocaram uma cobra amarela com desenhos em formas de manchas sobre meus ombros e ela era maior que meu corpo tanto de largura quanto de comprimento assim que colocada a cobra me embolou pelo rabo e me pôs em cima das suas costas e eu teria que ficar deitada em forma de ligação com a natureza fiquei em formato de cruz e toda vez que colocava meus pés para baixo da água sentia alguém vigiando na terceira vez que tentei colocar meus pés para baixo senti um medo enorme e sai correndo pulei da cobra e fui para o barranco assim que olhei para trás um crocodilo saiu com apenas um olho amarelo para fora e voltou para água uma mulher me disse que deveria ter ficado mais tempo e confiar na cobra pois ela era grande e estava lá por algum motivo e que esse crocodilo sempre viria para testar quem fizesse o ritual disse que não estava com medo pois era apenas um sonho e ela disse que não era um sonho que estava andando por eles me deu um espelho e me vi com outra feição eu era uma mulher negra com cabelos presos a tranças e uma espécie de flor que n saia da minha boca assim que olhei pra ela novamente sai e acordei

Sonhei com uma mulher que eu não

Sonhei com uma mulher que eu não conhecia ela um pegou bebê colo e o bebe cagou no rosto dela com coco muito amarelo amarelo e eu ria muito , muito.

Sonhei com uma mulher que eu não

Sonhei com uma mulher que eu não conhecia ela um pegou bebê colo e o bebe cagou no rosto dela com coco bem amarelo e eu ria muito , muito.

Sonhei com uma mulher que não conhecia

Sonhei com uma mulher que não conhecia ela pegou bebê colo e bebe cagou rosto dela com coco bem amarelo e eu ria muito , muito mesmo de falta ar.

Ia passando numa pequena ponte de madeira

Ia passando numa pequena ponte de madeira sobre um corrego. De repente um sapo verde fluorescente grande pulou na minha frente. Tentei pegá-lo e ele fugiu pulando mas soltando 3 barras de um metal amarelo e umas gotinhas do mesmo metal. Um metal bem brilhante amarelo. Notei que a língua do sapo tinha como que um cifrão em alto relevo. Peguei as 3 barrinhas e as gotinhas do metal e brilharam muito na minha mão. Daí acordei.