Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém Boca

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Havia uma mesa grande,com uma toalha vermelha

Havia uma mesa grande,com uma toalha vermelha sobre ela. E tinha vários porcos com ternos do tom verde, e eles estavam sentados em volta da mesa. E sobre a mesa tinha um prato grande, e dentro do prato estava eu amarrada, e com uma maçã na boca, e junto no sonho, havia um outro eu, vestido de chefe de cozinha, e ele estava segurando uma faca bem afiada, e parecia que ele estava prestes a me servir para os porcos, que pareciam estar sedentos de fome.

Eu sonhei que eu e o Elias

Eu sonhei que eu e o Elias estava em uma festa e era de dia, tinha piscina, e aí depois de um tempo vcs chegavam e aí estacionava o carro, e vc estava muito mudada, com o cabelo curto e liso, estava com um batom vermelho na boca, e já estava com copo de cachaça e do nada foi escurecendo, o clima foi ficando pesado, e era como se eu visse todo mundo curtindo e eu em um lugar onde não queria esta, onde não me encaixava, um negócio doido sabe, e depois logo em seguida eu estava em um mercado que pareceria está falido não tinha nada e estava cheio de poeira, e vc vinha chorando e falava pra eu parar, eu não estava entendendo nada eu perguntava “parar com que?” E vc gritava e falando pra eu parar, e aí era como se fosse de tarde e estava chovendo muito e como se o mundo estivesse acabando, as pessoas gritavam e o chão estava aberto

Estava estudando na escola quando olhei para

Estava estudando na escola quando olhei para frete tinha um objeto dentro de uma caixa de vidro ao lado dela estava 2 jovem que tiveram uma pequena discussão então o objeto se contorce todo e a jovem olhando para ele diz boa ideia abraço ela sai correndo e abraça a outra menina fazendo as passes e nisso olhei para o lado quando ouvi uma voz dizia não foi isso que falei era para matar ela então olhei para ver quem tinha falado e o objeto e a caixa tinham desaparecido e no lugar estava parado uma jovem com baixa estatura loira dos olhos azuis então ela veio e sentou do meu lado e comecei a tentar conversar com ela porem ela era meio quieta apenas desenhava e escrevia umas coisas estranhas então ouve um curto e as luzes meio que se apagaram e nisso a menina saiu correndo então levantei e fui para o lado de uma das salas no corredor e quando cheguei na porta falei que iria encontra a Rafaela que era muito minha amiga então minha amiga chega junto com outros alunos então ela chega e sentamos no banco conversando e ai a menina loira volta a parecer e fica falando baixinho algumas coisas e desenhado e escrevendo quando pedimos pra ver ela meio que fica nervosa então minha amiga pega e olhamos esta tudo estranho as escritas borradas com cola e algo vermelho além de esta escrito encima de uma impressão já existente então começamos a questionar ela sobre oque estava escrito e ela tenta atacar minha amiga nesse momento seguro ela e ela começa a se debater e gritar nesse momento vemos que ela tem dentes faltando na boca e alguns muito podre então uma enfermeira olha e diz que aquilo era boca que uma mulher de trinta anos ou mais não de uma garotinha de 17 anos foi ai que a jovem loira começa a quere nos agredir e dizer que matéria todos então começamos a agredir ela e em um momento ela abaixada tento chutar ela porem a loira consegue sair e desaparece

Sonhei que estava beijando a boca de

Sonhei que estava beijando a boca de uma pessoa que eu gosto,no início ela correspondia ao beijo,mas logo depois fingia que não tinha acontecido,me ignorava e me entregava um bilhete escrito que era pra eu esquecer o beijo

Conheça a área de transferência do Gboard:

Conheça a área de transferência do Gboard: Estava caminhando e estava chovendo, no meio do caminho via um monte de cobras entrelaçadas na poça da água da chuva e havia casas e algumas pessoas ao redor, eu ficava com medo de passar pela aquele caminho onde estava as cobras e entrava correndo pra dentro da casa de uma das pessoas junto com elas, pois algumas cobras começam a perseguir a gente e elas conseguiam entrar em qualquer lugar que estivéssemos. No sonho eu fugia de uma casa para outra correndo da cobra e percebia que as cobras eram diferentes a cada casa que entrava, no começo ela era pequena, depois via cobras médias e depois elas eram grandes a ponto de engolir uma pessoa, entrei em uma casa onde parecia não sei ao certo que era da minha irmã e ela estava lá comigo a cobra grande novamente apareceu na casa de minha irmã e via em direção a nós duas, porém minha irmã não corria da cobra eu a chamava pra vim comigo e ela não vinha , eu conseguir fugir da cobra por um momentinho, mais ela reaparecia novamente me perseguindo com a boca aberta para me comer, e minha irmã desapareceu no sonho, e eu ouvia a mim mesmo minha irmã morreu a cobra a matou, e continuava correndo da cobra passando pela casa das pessoas e pedindo pra ficar lá, mais as pessoas diziam que tbm tinham cobras lá, e realmente tinham muitas cobras a cada caminho que passava, eu continuava correndo da cobra grande que estava me perseguindo, de repente eu via uma única cobra diferente no sonho uma cobra de duas cabeça enrolada na árvore e eu olhava para ela por um segundo, depois continuava correndo da cobra grande que me perseguia continuava vendo casas e pessoas entrando na casa delas pra fugir da cobra mais na casa dessas pessoas tbm tinham cobras e as cobras tbm comiam elas, inclusive a que tava me perseguindo. Entrei em uma casa onde conseguia ver saída, tinha pistas, ônibus mais no caminho tinha outras cobras na poça da água entrelaçadas e eu ficava com medo de passar, porém eu acabava passando e conseguindo chegar a pista onde estava os ônibus, e a cobra que tava me perseguindo sumia, depois que atravessei as cobras no poço de água da chuva, porém eu corria atrás do ônibus no meio de muitas outras cobras, entrava no ônibus. Fim. O sonho acabou pq acordei. texto copiado por você será salvo aqui.

Sonhei com uma pessoa abrindo a boca

Sonhei com uma pessoa abrindo a boca como se estivesse me engolindo e eu vi vários dos dentes dela estragados, pretos, mas um tinha um buraco enorme, uma cratera mesmo, preto como os outros mas com pessoas pulando dentro não sei explicar só sei que quando eu olhei parecia que não tinha fundo então eu acordei

Eu sonhei que estavá fazendo compras ate

Eu sonhei que estavá fazendo compras ate que derepente eu me deparo com 3 caras mechendo com uma bela moça esbelta e bonita, eu chego pra cima deles é bato neles ele então saem, e a moça me da um beijo na boca, logo em seguida saiu junto com ela de mãos dadas e nois ficamos bastante tempo juntos, ela me diz que seu nome e lilia e fala que já está tarde e me leva pra casa dela, então eu durmo la mais ela, demanha depois que eu me acordo eu e ela tomamos café e eu levo ela pra praça compro flores pra ela é tudo mais, chega a noite e voltamos pra casa dela é então ela me agarra me beijando e eu tambem e começamos a transar, demanha eu me acordo conseguindo ver seu corpo seminu até que me acordo do sonhos.

Sonhei que começava a sangrar pelas partes

Sonhei que começava a sangrar pelas partes íntimas e pela boca , senti que ia morrer , pedi meu marido pra me levar para o hospital mas ele se atrapalhava e não conseguia me ajudar e eu ia sozinha para o hospital sem nem saber onde ficava , estava em um lugar desconhecido

Eu estava ajudando na produção de um

Eu estava ajudando na produção de um anúncio eleitoral de televisão, num espaço muito grande, um ginásio… no meio de uma grande floresta! de repente o cenário do meu sonho mudou… eu estava dentro da floresta com uma garota, que parecia ser uma nova amiga minha, mas não me lembro do rosto dela… ela tinha uma câmera, e gravávamos (eu e ela) um documentário sobre árvores centenárias que cresciam em espaços fechados, muito fechados, dentro de casas, quartos e hospitais abandonados dentro da floresta. pegamos várias mudas de árvores desses lugares e levamos para a vila de minha recém-amiga. essas árvores eram extremamente compridas, e não eram muito frondosas, tinham poucas folhas. na última parte do nosso documentário, entramos em um lugar super apertado, entramos pelas frestas… era úmido e escuro, e haviam duas árvores impressionantes, muito grandes! e o mais legal é que elas tinham olhos e boca… dialoamos com elas enquanto escalávamos constantemente para chegar ao topo delas. conversamos com as duas e chegamos a um acordo… uma delas se sacrificaria para sair dali. íamos leva-la para mostrar ao mundo, seria a estrela de nosso documentário! então, eu arranquei esta arvore enorme apenas com minhas mãos, carreguei ela por todo o caminho de volta, pulando sobre os galhos secos de arvores, e passei pelas frestas apertadíssimas com ela nos braços, enquanto pedia para minha amiga me esperar. minha amiga estava muito animada, entusiasmada para contar a vila, da nossa grande descoberta.