Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém casa da minha

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhei com um ex namorado vinha se

Sonhei com um ex namorado vinha se hospedar na casa da minha mãe, onde eu morava quando nós relacionavamos. Ele vinha de outro estado e eu não queria falar com ele. Minha mãe conversava com ele e ele relatava a história dele, tentando se próximas de mim para conversar. Aparecia também um bebê que não sei de quem era e eu cuidava dele.

Que estava na casa da minha avó

Que estava na casa da minha avó e tinhas familiares comigo ai perguntaram pra mim se um carro com o número 40 tava vindo eu falei que sim pois está na janela olhando pra fora a pessoa falou que era pra fugir eu fugi mais voltei por que na casa ficou minha mãe e minha avó eu voltei e elas tavam tranquilas arrumando a casa

Uma noite eu estava olhando a lua

Uma noite eu estava olhando a lua só que ela estava maior do que o normal ai ela explodiu dai eu avisei todo mundo e todo mundo começou a ficar preocupado dai quando o sol apareceu ele também explodiu Dai todo mundo ficou ainda mais preocupado e com medo dai umas pessoas do governo ligaram para o meu pai dizendo que iriam nos levar para um lugar no Canindé-CE,dai os destroços da lua começaram a cair e todo mundo ficou muito assustado e tinha umas caixas da Amazon com umas coisas dentro uma máquita uma furadeira uma lixadeira com o disco quebrado uma truquesa ai eu e meu tio pegamos umas coisas enquanto ele falava não tem nada aqui e minha vó indo no caminho da minha casa mandando a gente se apressar ai enquanto os ônibus não chegavam eu fiquei passando um tempo com o meu primo dai enquanto a gente andava pelos arredores da casa da minha vó a gente achou um lugar em que todo mundo tava cantando e dançando daí a gente tmb dançou e cantou só que quando a gente voltou todos ja tinham ido embora ai eu e meu primo pegamos a moto do meu pai e fomos em rumo a Canindé só q no caminho a gente parou em um mercado e roubamos gasolina de uma moto que estava estacionada então acordei

Sonhei que fui na casa da minha

Sonhei que fui na casa da minha sogra e o pai dela disse que entrou dois ratos na casa dela brigando, mas um fugiu para o forro da casa Mas não vi os ratos

Eu estava na casa da minha vó,

Eu estava na casa da minha vó, tinha um menino que cresceu estava forte e grande, o pai dele chegou e pelo visto fazia tempo que não via o pai,o pai dele se surpreendeu de como ele estava grande,pegamos um boneco pra mostrar como ele era pois tinha uma coleção de boneco dele a cada progresso que ele dava. Logo após esse boneco começou a falar e tudo mais , só que quando começou a ficar estranho fui até o boneco tentar tirar as pilhas dele , ele lutou contra não quis, mas eu consegui. Mesmo assim ele ganhou vida de novo sem as pilhas só que quando olhei novamente era uma boneca não o boneco, ela passou reto por mim e foi direto a minha vó e tia na cozinha e começou a assombrar elas, elas arrancaram a cabeça da boneca mas mesmo assim ela continuou falando, a boneca achou umas cartas escritas pela minha tia e disse que oque fez ela ganhar vida foram as cartas , nas cartas estava escrito como ela se sentia , e no final escrito a palavra corvo. após isso eu tive a visão da de dentro da boneca como se a boneca fosse eu , e a boneca estava possuída, elas estavam com medo e a boneca assombrando-as

Sonhei que encontrava ouro no banheiro da

Sonhei que encontrava ouro no banheiro da casa da minha bisavó com mais três pessoas. Ao ir retirar o outro apareceram outras pessoas querendo entrar no banheiro e ficamos com medo deles roubarem nosso ouro. Com isso, começamos uma briga, onde fugi com o ouro com minha esposa, que até então aparentemente não estava no sonho. Ao fugir com minha esposa, roubamos um carro que estava cheio de água e quando fomos ligar o carro para fugir minha filha também apareceu no sonho, nesse momento no colo da minha esposa no banco dos passageiros atrás. Porém, era ela quem estava dirigindo o carro inicialmente e em outros momentos mais arriscados era eu. Fugimos até o fim de uma rua que estava em manutenção, quando chegamos lá não sabíamos para onde ir e perguntamos aos trabalhadores qual era a forma de chegar até o outro lado que queríamos atravessar e apenas um deles que retirou o seu fone de ouvido respondeu de forma prática e objetiva. Ao irmos pegar o caminho que ele sugeriu, uma das peças de ouro caiu e ele perguntou se poderia ficar com ela e eu neguei. Peguei a peça da mão dele e disse que era para um projeto de design que não podia faltar nem uma. Fugimos novamente a pé pelo caminho indicado pelo trabalhador a pé até em frente a um hotel onde iriamos roubar outro carro para fugir para um local onde só podia ter acesso de barco, dessa forma limitaríamos a quantidade de policia que poderiam vir atrás de nós. Quando já íamos roubar outro carro, alguém nos chamou um pouco a frente, onde parecia ser um bar ou restaurante e nos convidou para sentar. No primeiro momento ignoramos, pois não reconhecíamos a pessoa, porém ela insistiu e aceitamos o convite. Ao sentarmos nessa mesa, todo o conteúdo de ouro, medo, roubo e fuga sumiu e parecia estarmos em outro sonho onde estávamos apenas comendo e bebendo tranquilamente. Nesse momento eu acordei.

"Mendigo" invadindo a casa da minha melhor

"Mendigo" invadindo a casa da minha melhor amiga, mas na casa só tinha eu, e ele tava pedindo 50 centavos e eu não tinha, ele então pegou meu celular e disse que só ia devolver se eu desse o dinheiro, aí do nada uns familiares e conhecidos apareceram pra me ajudar. Então eu consegui pegar meu celular, e joguei pra um conhecido meu pegar. Aí o "mendigo" do nada tirou algum tipo de arma branca pra me matar só que eu vi, passei por ele e sai correndo. Então eu fiquei atrás do meu conhecido e ele tava tentando matar a gente. E então acordei.

Sonhei que estava em uma floresta com

Sonhei que estava em uma floresta com o que parecia ser minha família, mas não lembro do rosto de ninguém. Tinham três pessoas comigo, eu acho. Uma era criança. Tinha umas mesas, acho que estávamos fazendo um piquenique. Alguém pediu pra caminhar até um terceiro telhado pra fora da mata, eu disse que não queria, mas insistiram que era só até ali. Fomos em direção ao local, mas conforme nos aproximávamos eu ia sentindo um cheiro estranho, cheiro de morto. De repente, tropecei em algo e minha perna afundou, era um buraco no chão e dava pra ver um caixão no fundo. Não queria mais ir até o terceiro túmulo mas continuaram insistindo e fomos. Quase chegando lá, fomos impedidos pelo o que pareciam ser guardas, que ao nos ver ficaram apavorados. Disseram que não deveríamos estar ali, que precisávamos ir embora imediatamente, que não era seguro. Eles pareciam estar procurando por algo/ alguém. Fiquei muito assustada qndo percebi que o caminho de volta tinha mudado, não era o mesmo local, e no chão havia um rastro imenso de sangue. Tentei reunir todo mundo, mas duas pessoas se perderam. Só consegui pegar a criança, começamos a correr, mas tive que pegar ela no colo. Saindo dali, era como se minha casa fosse em frente ao lugar, mas não havia mais floresta, só o cemitério. Coloquei a menina pra dentro e tranquei tudo. A casa era pequena e não se parecia em nada com o meu apartamento, ou a casa da minha mãe. Tive mais uma sonharada depois disso, mas o resto eu não consigo me lembrar. Se alguém puder me ajudar a decifrar, fiquei bastante assustada!

No quintal da casa da minha avó

No quintal da casa da minha avó estávamos eu e meu irmão. Viamos um macaco pulando a janela da minha casa. (Não moro no quintal dela, mas era a minha janela.) Meu irmão tentava pegar o macaco branco sujo, mas ele pulava antes disso. Quando olhávamos para uma árvore a nossa frente, tinha um passaro. Ele era branco, médio, com penas arrepiadas em cima da cabeça. Olhava fixamente para nós dois. Eu mandava meu irmão se afastar, dizendo que era uma hárpia (passaros gigantes semelhantes a águias. São MT perigosos.) A gente corria para porta da casa da minha mãe, e ficávamos olhando. Eu corria pra contar pra minha avó do macaco e do pássaro, pedindo que ela tomasse cuidado ao passar por ali. Eu livrava minha gata da boca do pássaro que tentava matar ela para comer. No fim, minha mãe queria ir até lá matar o pássaro, mas eu e meu irmão não deixávamos dizendo que ele era MT perigoso. No fim, eu encontrava todos eles, na parte de trás da casa da minha avó, tomando banho em uma piscina. Eles me disseram que o pássaro foi embora.

Eu tive um sonho com uma cobra,ela

Eu tive um sonho com uma cobra,ela estava na casa da minha avó que estava bem diferente da casa real,e a cobra tinha fugido da gente, mas um tempo depois quando cheguei perto dela ela veio rastejando na minha direção e picou meu pulso..