Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém cola

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


No sonho estava eu e meu pai

No sonho estava eu e meu pai trabalha do e uma escola, meu pai na construção e eu cuidando de algumas crianças, depois que as crianças foram embora fui ajudá-lo e então um homem tenta roubar o local mas era um homem com capuz e roupa de preto eu vou para cima ele tbm me bate e então a polícia chega e o leva,tem uma menina como uma alma q aparece umas coisas verde em volta quando a provoco mas era uma alma e toda vez que passava em um corredor tinha a alma de um menininho brincando só eu conseguia ver ele estava sem roupa e faltando partes do corpo como um corpo se decomponto mas o rostinho inteiro, ele falava.pars mim oi tia quer brincar de carrinho toda vez eu sentia vontade de chorar, pois lembrava de meu filho, já que a idada parecia igual ( 3 anos) fala para meu pai que toda vez ficava com medo e ele dizia ele apenas precisq de ajuda para descansar e falei que tinha medo que queria que ele saísse e então o menininho virou algo falando grosso e um fogo flamejandlte verde em volta dele

Essa noite tive vários sonhos estranhos.Lembro me

Essa noite tive vários sonhos estranhos.Lembro me de ter sonhado que Duda estava passando uns dias com a gente e tinha um rapaz moreno,com roupas escuras e uma blusa com capuz.Ele ficava a todo tempo na esquina observando a nossa casa,como se ele estivesse esperando algo ou alguém e no final minha mãe abriu a porta para ele que entregou uma sacola cheia de coisas dizendo que era para Duda.Eu desconfiava dele e sempre tive medo de abrir a porta e pedi a minha mãe que não o fizesse.O pior que tudo ocorreu justamente na mesma casa onde estamos morando agora. Em outro sonho,por algum motivo eu estava na casa de tia Neusa,mas não era a que ela mora na vida real. Não lembro muito o que estava acontecendo mas eu me lembro de ter saído de lá e não conseguia fechar o portão então larguei do jeito que estava e comecei a caminhar por uma rua cheia de estudantes e não sei como mais tinha um pão em minhas mãos e quando eu ia comer o pão uma criança me pediu um pedaço. Eu dei a metade do pão e comecei a acompanhá-la, porém na nossa frente tinha um portão preto enorme e um porteiro e do outro lado algumas ruas escuras e vazias,quando eu ia atravessar o portão junto com essa criança só que o porteiro me barrou dizendo que eu não podia passar e logo apareceu alguém que monitorava quem entrava e me disse que eu não ia passar , somente a criança. Outro sonho estranho,mas acho que está relacionado ao medo de engolir algo que me faça mal.Eu tava com dois palitos de dente na boca e acabei quebrando um e engolido e o outro também só que inteiro.O que havia se quebrado eu consegui tirar antes já o inteiro desceu rasgando minha garganta e eu só pedia para que nada de ruim me acontessesse

Sonhei que eu fui morar no Japão

Sonhei que eu fui morar no Japão sozinha e precisava ir à escola (primeiro dia de aula), mas eu não sabia onde o ponto de ônibus ficava, então perguntei a uma garota e ela me disse. O ponto de ônibus ficava perto de uma igreja (aparentemente católica) e era bem bonito porque tinha muitas flores de cerejeira lá. Quando cheguei no ponto, eu não sabia por qual direção ficava a escola, então eu saí novamente perguntando para os outros, mas ninguém sabia como me responder (uma pessoa elogiou o meu lado social) e então a garota do início do sonho apareceu e me disse pra qual lado era e eu agradeci. O ônibus era de graça, e a paisagem do sonho era muito bonita mesmo. Era super confortável.

Eu estava na escola, e uma menina

Eu estava na escola, e uma menina começou queimar e ir para cima de todos, como se ela tivesse "endemoniada",toda se requebrando,ela matou a professora, e ninguém conseguia sair da sala, tivemos a idéia de rezar o pai nosso, ela se acalmava, mas voltava de novo, nisso eu via uma amiga em uma bolha cinza, como que ela não pudesse ser atingido.

Eu tinha ido trabalhar em uma escola,

Eu tinha ido trabalhar em uma escola, mas era só pra aplicar prova de um concurso ( fiscal de sala) Aí a escola q eu fui era uma escola q ele era diretor , mas eu só fui saber depois q já tinha acabado o horário de prova. Muito louco esse sonho , pq quando terminou a prova eu fiquei na escola pra limpar a escola ( nada haver) Aí nisso só tinha ficado umas 6 pessoas e uma delas era o professor e no sonho eu não podia falar com ele pq as outras pessoas q estavam lá conheciam ele e a mulher, aí eu fiquei na parte de baixo da escola, aí do nada ele veio atrás de mim e disse q a gente tinha q acertar as coisas, a8 eu falei q ali não era o lugar , mas ele disse q era ali , pq nada acontece por acaso, aí eu fui com ele pra uma sala na parte de cima da escola, aí a gente conversou rápido mas agora eu não lembro a conversa, e do nada a gente estava transando em cima da mesa , eu so lembro q foi o sexo, e quando a gente terminou , olhamos para a porta e tinha duas pessoas que tinham visto tudo , ai no sisto eu acordei

Tenho 39 anos.sonhei que ia á minha

Tenho 39 anos.sonhei que ia á minha escola de infância(primaria)e que via fotos antigas minhas e de colegas de turma. E um dos meus colegas de sala de quem eu não me lembrava era a cópia exata do meu filho de 8anos.

Eu sonhei que estava na escola e

Eu sonhei que estava na escola e quando saia de lá eu ia para uma "Festinha" tipo de criança sabe? Aí eu entrava lá e ia pro balcão onde tinha uma mulher falando pra pegar doces e etc... Ela disse para mim pegar uma bala em formato de dente e um palitinho com algo lá mas eu não lembro o que era, Logo após eu ter pego tudo com a mão e estar quase derrubando tudo ela diz que vai sortear algo oara mim e enfia sua mão em um repartimento quadrado que estava ao lado dos doces no balcão, Aí nesse repartimento tinha várias bolinhas pequenas e ela enfia sua mão lá e tira o meu item sorteado, E o que saiu foi Alguns milhões de sal do sol até aí tudo bem eu volto para casa com meu prêmio e aviso a minha mãe, Acho que ela me ignora e só olha os doces, Ela pegou um pedaço do chocolate em barra branco e saiu, Aí do nada passa pra uma parte que eu vou num mercado aqui da minha cidade que nem existe, e quando eu chego lá tem um monte de feijão para mim e as mulheres me deram aquilo como meu prêmio, Logo depois eu começo a pegar e distribuir para as pessoas na rua, Daí eu volto para casa e tenho a ideia de vender os feijões para ganhar algo só que eu tenho muito vergonha e só iria vender caso ninguém me visse. É ISSO DAÍ EU ACORDO