Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém e eu não

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Fugir

Fugir

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


No meu sonho tinha uma criança que

No meu sonho tinha uma criança que era meu filho chorando e eu pedia pra o meu esposo acalentar ele. Na sequência olhei na estrada uma mulher parecia uma freira vestida de preto e branco ao longe não vi o seu rosto e logo depois a ex sogra de meu esposo entrou em meu quarto como por mágica e me olhava cabisbaixa como se estivessse possuidora é me dizia varias coisas em uma linguagem que eu não entendia e meu esposo me protegendo dela gritei muito e acordei com as carnes tremendo de medo.

SONHEI QUE ESTAVA BRINCANDO MUITO FELIZ COM

SONHEI QUE ESTAVA BRINCANDO MUITO FELIZ COM MINHA FILHA, E NO SONHO ELA TINHA 4 ANOS, SENDO QUE ELA JÁ É ADULTA. E NO SONHO O CEU FECHOU COMO SE FOSSE CHOVER, E ALGUEM ME MANDAVA CUIDAR DELA PORQUE EU ERA RESPONSAVEL POR ELA, E EU SENTIA UMA PRESSAO ATRAVES DESSA PESSOA. NO SONHO MINHA FILHA DEPOIS CHORAVA QUERENDO O IRMÃO DELA SENDO QUE ELA NÃO TEM IRMÃO, E EU EXPLICAVA PARA ELA NO SONHO QUE ELA NÃO TINHA IRMÃO,E NO FINAL ELE ME DISSE QUE SE EU NÃO CUIDASSE DELA EU IA FICAR CEGA.

Sonhei que minha irmã estava amamentando meu

Sonhei que minha irmã estava amamentando meu sobrinho ja adulto e nós não nos falamos e nem ela criou este sobrinho.Ela vinha até mim e tirava os seios e mostram pra minha mãe e pra mim tb e saem um líquido não leite...Eu saia dali e passava numa vila e lá estavam dando alimentos ...meu marido e um menino que nunca vi na vida saem com umnpacote de papel higiênico e 6 unidades de creme para cabelo. Eu sempre estava na frente e eles atrás...Quando a rua estava cjeia de caminhões velhos e antigos , eles passaram por mim e eu não conseguia sair dali , foi quando passei pelo motor deste caminhão e pulei uma fugueira para o outro lado e voltei denovo para mesma casa onde minha irmã estava amamentando este rapaz..Eu sai dali muito brava...uii como!!Tinham muitas pessoas molhadas de rio e agromerando, falando alto e sempre dos outros pareciam parentes mais nunca tinha visto antes...Dae que vih um menino que conhecia ele mas ele estava enrrolado na minha coberta e com febre alta e eu gritava com ele muito brava com tudo aquilo e mandava ele embora e todos paravam de falar...E eu não queria estar ali...Quando acordei meu esposo não quis falar comigo...

Estava em uma quarto o chão não

Estava em uma quarto o chão não era um chão era gesso aí me puxava pra baixo e eu não conseguia volta pra cima

Sonhei que saia todos os dias, para

Sonhei que saia todos os dias, para salvar a vida de um bebê que estava morrendo todos os dias. No caminho, encontrei uma amiga da família cuja no sonho se dizia minha sogra. Quando nos despedimos, recebi uma ligação da minha mãe me informando sobre a morte de um conhecido...nesse exato momento, me vi cercada de bandidos no meio de um tiroteio e eles diziam que eu não poderia sair.

Sonhei que ao salvar duas crianças que

Sonhei que ao salvar duas crianças que estavam em um lugar alto ,mais de terra e mato eu fui parar em cima de uma pedra muito alta e eu nao conseguia descer pois eu tinha medo de cair e se machucar, mais eu comecei a descer de cabeça para baixo e no meio da descida eu senti que ia me me machucar pois ia cair de cara eu chamei pelas pombo gira que eu trabalho e eu senti nesse momento uma força me segurar e me colocar a salva no chão.

Eu era um alma perdida, vagando pelo

Eu era um alma perdida, vagando pelo mundo, nesse período obverva minha ex melhor amiga, eh podia desenhar símbolo e letras em espelhos e vidros suados devido a umidade daquela época e usei isso para sombrar minha ex melhor amiga, cujo nome fictício Carol. Eu adorei ver ela assutada, o medo e adrenalina correndo em suas veias, mas mais tarde Carol uniu forças com suas novas amigas para procurar esse "espírito maglino", construindo um aparelho que capta seres de outro mundo, foi esse parelho que me pegou e me prendeu na terra fazendo estar visivel para todas as pessoas e eu não estava ciente que o aparelho era capaz disso, e na hora Carol me olhou e disse: Slin, é você? - foi neste exato momento que me desperei, repeti em voz alta várias vezes dizendo que esse não era meu lugar, mas eu estava destinada era permancer naquele mundo. Isso me abalou muito, porque no fundo sabia que eu não podia voltar, com o tempo eu não falava mais, não comia, somente existia, entretanto, uma cena me chamou atenção, estamos na escola pintando um papai noel, todo mundo estava fazendo menos eu, estava muito pensativa inclusive, Carol tentou que eu fizesse atividade, mas não consiguiu, eu a ignorava totalmente, então ela pegou meu papel e começo a contornar meu papai Noel de marrom porque não havia a cor preta. E olhou nos meus olhos e pediu desculpas, e perguntei: desculpas pelo o quê? E ela não respondeu, então, comecei a pintar a toca do papai Noel de vermelho e dps acordei....

Sonhei que estava em um passeio com

Sonhei que estava em um passeio com colegas de classe, o ônibus que era vermelho sofreu um acidente em um túnel eu acho, estava chovendo e escuro, sai do ônibus tendo dificuldade pois estava andando sobre uma lama, depois a cena muda pra Praça da minha cidade, tava escuro, e achei um pouco vazia de pessoas, mas tinha uma ou outra passando, olhei no relógio e vi 11 horas, achei que tava cedo, porém percebi que pela escuridão era noite. Fiquei preovupada de chegar tarde e preocupar meu pai, quando estava andando pra casa um cara que parecia um monge, não tenho certeza, tava bebendo alguma coisa, parecia um milkshake, ele tava sentado em uma escada, conversou comigo, era novo, simpático, me convidou pra entrar no templo dele, eu lembro de pensar que não era certo, pois eu não o conhecia e ele não poderia ser legal, exitei, mas mesmo assim entrei, depois disso não lembro muito bem o que a aconteceu no templo, mas ele queria se casar comigo, as outras pessoas do templo já estavam preparando o casamento, eu não queria, mas eu estava presa, eles não me deixavam sair, não sei como eu fugi, eles foram atrás de mim e eu de diversas formas me esquivava e enganava eles em diversas situações, no final, mostra eu com um livro ao lado de duas amigas que eu não conheço, contando essa história que tinha acontecido, eu estava sorrindo e feliz.