Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém escola

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhei algun meses atrás que eu estava

Sonhei algun meses atrás que eu estava comemorando minha festa de aniversário em um local reservado quando eu chegava no local parecia mais uma escola antiga com a estrutura do local parecida com os anos 60 e então quando entrei no local vi vários colegas meus de sala e outros alunos do colégio onde frequento comemorando alegremente meu aniversário e então todos começaram a colocar a mão no ombro e fazendo então uma fila indiana com todos se divertindo e cantando e então uma colega de sala convidou a eu entrar na fila e então entrei e comecei a me divertir com eles e então paramos em uma sala aleatória e então a fila de desfez e a sala então aconchegante parecido com mais uma sala da realeza todos conversando felizes veio um garoto em minha frente com a estatura alto com seus cabelos ondulados e óculos redondos perguntou para mim todo tímido se eu era a princesa da festa e então eu respondi sim eu sou e então ele perguntou se eu queria dançar com ele e no mesmo instante que eu iria responder o mesmo grupo de pessoas que estavam na fila indiana se divertindo me convidaram novamente para se divertimos e então me juntei a eles deixando então o garoto sozinho e então neste mesmo instante fui para outro sonho mas infelizmente este outro sonho não me lembro

Hoje eu sonhei que eu tava num

Hoje eu sonhei que eu tava num lugar diferente Era uma lanchonete e uma escola junto no mesmo lugar, era vidro o lado direito onde era uma lanchonete normal e o outro lado era azul escuro "banheiros" de madeira tudo sujo nesse lugar tinha varios alunos que estudava la Quando eu entrei na "escola" eu me perdi e entrei em varias salas sem saber qual era a minha ai eu nao achava a sala eu fui no banheiro e liguei pra minha irma desesperada e disse pra ela me tirar daquela lugar que eu tava mal porque eu conseguia ver a verdadeira face de um homem que estava sentado numa cadeira da "lanchonete " olhando fixamente pra mim o rosto dele era uma caveira .Eu tava com medo e nao queria que ele chegasse perto de mim porque eu nao tava entendendo nada dai implorei pra ir embora do lugar depois eu acordei

Sonhei que eu estava indo para a

Sonhei que eu estava indo para a escola e estava tendo uma chuva muito forte, juntando com uma enchente. No caminho eu encontrei um garotinho sem mãe e levei ele comigo. Ele era pequeno, com pele negra, o cabelo quase raspado e eu não sei como, mas eu amava ele e era recíproco. Agarrei ele e abracei muito, tinha um amor e um carinho inexplicável Quando cheguei na escola, peguei nos braços dele e carreguei para o fundo da escola, mas percebi que era muito perigoso. Ent, levei ele para a minha sala e todos receberam ele muito bem. Eu e minha amiga estávamos andando pela escola e tinha muitas pessoas brincando e não estava chovendo. Passamos por um corredor de meninos e um deles estava com um moletom cobrindo toda a cara e com o pé onde eu iria passar. Quando eu passei ele tirou na hora e mesmo não mostrando o rosto eu sabia quem era. Eu e ela voltamos para a sala e o chão estava todo molhado, com isso resolvemos escorregar nele e ela quase caí. Na sala, eu procurava assunto para puxar com Otávio ( o menino que eu gostava) e enviei a minha atividade para ele ( não mora mais na mesma cidade), mas logo apaguei. Ele me ligou e perguntou o que era e eu expliquei que tinha mandando errado, mas mesmo assim ele insistia para que eu mandasse para ele ver. diante disso, ficamos muito próximos

Sonhei que estava fazendo faxina em uma

Sonhei que estava fazendo faxina em uma escola muito grande e conhecia um rapaz chamado João muito bonito e parecia que já estávamos nos relacionando, ele me lavou ao apartamento dele e era uma casa que me remetia a minha infância, embora o preciso parecesse caro o interior do apartamento era simples, e ele me mostrava um grande campo com tela em volta e tinha um macaco e um filhote de macaco e eu parecia gostar muito do João mas não via o rosto dele em momento nenhum

Sonhei que estava tendo um dia normal

Sonhei que estava tendo um dia normal como qualquer outro só com uma sensação de olhar para os lados e ver alguém me observando, logo em seguinda vi vários clones de uma mesma menina onde 2 deles falavam comigo de uma forma bem estranha olhando no fundo dos meus olhos e termina o sonho comigo subindo a rampa da escola com uma sensação estranha de algo ruim vai acontecer

Se passa na escola, de repente surgiu

Se passa na escola, de repente surgiu um monstro desconhecido, ele era pequeno mas eu e as pessoas estávamos fugindo porque ele nos perseguia. Mesmo que ele fosse pequeno,no sonho eu tinha muito medo dele. Quando eu fugi e encontrei novamente o monstro, disseram que ele havia evoluído, ficou maior mas ainda pequeno, como se fosse uma lagartixa maior que o normal. Eu e as pessoas fugimos para um navio que era meu, mas apesar de funcionar perfeitamente o navio estava partido ao meio, não completamente partido, mas tinha um tipo de buraco profundo e escuro na parte partida dele. Alguém me perguntou se o monstro não poderia ter ido para o meu navio já que era grande, eu pareci negar mas senti uma sensação estranha sobre o buraco gigante partido do navio. Navegamos e antes que eu pudesse ver o navio em terra firme eu acordei.

Significado de ter sonhado que fui buscar

Significado de ter sonhado que fui buscar a filha do meu chefe na escola carro estragou em um posto de gasolina próximo a escola, meu chefe voltou com a sua filha e sua ex esposa e um vampiro que seguia a ex esposa dele veio atras de mim e de minha familia porém o vampiro era parecido com meu filho

Em um quanto um pouco longe da

Em um quanto um pouco longe da minha casa, a paisagem era de muito mato alto, estava a anoitecer. Meu irmão e eu saíamos de uma casa com o nosso cachorro, ele está um pouco doente mais andava normal naquele momento. Estávamos lá porque meu irmão estava consertando algo do cachorro. Nesse caminho para casa, a movimentação de automóveis era nula, mas depois que casas começaram a surgir, nosso cachorro ficou para trás. Eu fiquei preocupada dele nao encontrar o caminho para nossa casa, mas meu irmão parecia não se preocupar com isso. Durante todo o trajeto estavamos em silêncio, ate eu perceber que ele estava mancando e perguntar o porquê. Ele respondeu que foi com o máquina se soldar. Ficamos em silêncio novamente, e mais para frente começaram a surgir automóveis, e eu estava com medo deles por eu não estar do lado certo da rua. Andávamos e eu era a única a ficar entre os carros e motos, eu ficava encurralada pelos automóveis que estavam saindo da minha antiga escola. Enquanto isso meu irmão andava na frente. Quando consegui sair do meio dos automóveis, procurei meu irmão, mas não o encontrei. Continuei andando pela frente da fachada da escola, comecei a perceber que as pessoas que estavam lá eram pessoas da minha escola atual, vi um amigo muito especial entre as pessoas, mas o ignorei, e saí a procura do meu irmão, tentando me esconder do meu amigo. Enquanto passava por trás das suas costas a cerca de um metro de distância, ele me percebe e do nada surge em minha frente tentando me dar um selinho, tenho desviar. Ele fala comigo e eu olho para trás a procura do meu irmão; que até um momento atrás eu havia o confundido com um menino que andava com uma "amiga" minha mais a frente, e eu estranhei e havia ficado com ciúmes. Olhando para trás o encontrei, ele olhava para mim também, falo para meu amigo "meu irmão está aqui", e ele olha a procura rapidamente e ignorando minha fala, se ajoelha em minha frente, estavamos no meio da rua e com várias pessoas ao redor, acho fofo, mas penso "não havia outro momento para isso?". Penso que meu irmão está vendo aquilo e não gosto, mas ignoro tal pensamento, e foco no rapaz ajoelhado minha frente falando "bora namorar comigo?" Minha mente está pensamento várias coisas, falo "você quer ir no bora né, então bora" e solto um "eu aceito", que sai com dificuldade e descompleto, consegui e não consegui responder. Acordo no susto. Em um outro sonho, eu estava com meu irmão a noite, e fugiamos. Parecendo filme de ação, pulavamos muros e corríamos, quando entramos em nossa casa achando estar seguros (não vi minha mãe, mas minha falecida avó estava assistindo televisão), olhávamos tudo e a porta da sala estava aberta, passou dois caras de moto, o de trás que estava com camisa amarela era o único que eu conhecia, quando olhou para tras, me viu. Rapidamente falei para meu irmão, e ele chateado por isso, falou "temos que sair daqui". Corremos para o quintal, enquanto ouvíamos o barulho ao redor da casa de pessoas. Quando íamos pular o muro havia uma pessoa dentro de um buraco nos esperando, recuamos e íamos olhar o outro muro quando passou um caminhão com homens em pé, em frente a nossa casa, meu irmão mandou eu me esconder, mas um deles me viu. Mas algumas cenas aconteceram, estávamos escuralados dentro do quintal, resolvemos ficar na biqueira, quando do nada, meu irmão virou um cara coreano, que agr era meu namorado. Eu também fiquei com aparência asiática. Na biqueira da minha casa, tinha um homem junto de nós, ele se aproximou e meu namorado fez um acordo com ele e com os demais, pra da uma chance de nos sair sem ser injusto já que estávamos cercados. O homem aceitou, e tínhamos que pular o muro, depois de muitas tentativas minhas e dele, eu desisti de ficar naquela parte que o muro era mais alto, e fui para a parte mais baixa, tentei e consegui pular, mas ainda havia mas quatro muros para pular eles eram próximos um do outro e de alturas diferentes. Do nada começaram a surgir pessoas da minha atual escola, pessoas que eu falo ou já falei, elas pareciam estar ali, só pela diversão. Eu estava destemida em conseguir sair dali, com uma até certa facilidade consegui pular os muros, mas no último eu fiquei em cima dele, porque se eu ficasse no chão ia contar, e os caras iam começar a me seguir, fiquei ali esperando meu namorado pular o restante dos muros, ele só havia pulado um por enquanto. Com certa dificuldade ele foi pulando um em um. Enquanto isso eu pensava em formas de conseguimos escapar e nos esconder. Era difícil pq tinha muitos homens a nosso redor. Último muro ele desceu, eu desci, e começou a contar os segundos, eu saí em disparada em direção a grade/portão, pulei, e senti ele atrás de mim, sempre olhando pra frente pensamento em qual caminho melhor seguir, mas também pensando que os caras deviam estar logo atrás de nós, tive a impressão de que logo surgiria um carro em nossa frente e estaríamos encurralados.

Eu ia comprar um espécie de sabão

Eu ia comprar um espécie de sabão feito a mão num comércio Eu saia olhando os produtos e percebia que eu tava com dois óculos ao mesmo tempo Um azul e um preto normal que era o meu de uso Aí eu colocava o azul no vestido e o preto normal no rosto e colocava uma tiara de gatinho azul na cabeça. Aí entrava duas adolescentes voltando da escola Aí eu não achava o sabão feito e ia comprar os ingredientes pra fazer Aí eu meio que falava pra professora que tava junto com as meninas que eu tava lendo um livro que o nome era "enquanto a gente coisava" Aí o cara do balcão ( não sei pq eu já tava no balcão mais não tava com nada nas mãos pra pagar) um branco dos cabelos meio longos e marrom, meio ondulados tbm. Começava brigar comigo por eu falar essas coisas com a professora, ele tipo dava aquele soquinhos esfregados na minha cabeça e aquele abraço forçado de irmãos... aí a professora ficava mostrando pras meninas e falando como eu ficava comportada quando ele brigava comigo Segunda vez que eu sonho comprando coisa em comércio que esse menino tá e vários outros meninos que eu tabm nunca vi na vida Aí do nada parecia que alguém tava narrando isso como se fosse a história de um livro E eu óbvio ia me apaixonar por ele pq era história de livro né