Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém flor

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Eu estava em uma floresta, e tinha

Eu estava em uma floresta, e tinha cachoeira nela, e uma parte bem funda.. e lá uma menina loira meio que me seguia, eu não lembro o que ela queria não, mas ela me incomodava e eu não queria fazer mal pra ela, mas acabei que estava com um facão e eu cortei a mão dela esquerda e depois o braço dela em várias partes, mas meu sentimento após ter feito isso , foi "que merda que eu fiz" e eu lembro o sentimento que era de "receio das pessoas descobrir e agora?" Então cobri os pedaços da mão e tal em um papel alumínio, vinha pessoas, e fiz isso com a menina em uma rocha bem grande, então joguei na cachoeira na parte funda embrulhado os pedaços da mão e braço, acho que a loira devia ter morrido, sei lá, porque quando no sonho via gente vindo, limpei a rocha, ela caiu na água lá e foram atrás dos pedaços embrulhados que joguei e nada acharam, só os embrulhos mesmo. Porém eu voltei pra minha realidade como após ter feito isso com a sensação de que iam descobrir, e havia sumido meu celular no sonho.. eu pensava que ficou do lado da rocha..

Estava perdido em uma floresta com meus

Estava perdido em uma floresta com meus 2 cachorros. Perdi os 2, na procura deles, encontrei um lago cheio de lava, com tons em azul e laranja. Encontrei um cachorro, tentando sair, me sentei e aguardei. A outra cachorra veio até mim e enfim, acordei. Consegui encontrar o caminho de volta para casa e sair, enfim, da floresta.

Sonhei que estaava na floresta perto de

Sonhei que estaava na floresta perto de uma árvore um moço pediu licença e começa a colocar carne grua pra na árvore eu vi duas cobra arranha bicho mesonhto

Estava em uma floresta e encontrei duas

Estava em uma floresta e encontrei duas vacas. As duas estavam penduradas, uma era marrom e a outra branca. A Marrom que estava em cima estava cortando o nariz da vaca branca. Eu soltei as duas e subi em cima de uma árvore pq elas estavam tentando me pegar..mas não senti que era maldade mas estava com medo de estar enganada então continuei na árvore. Tinha alguém comigo mas não soube quem era.

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo,

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la.

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. INT. PERSEGUIÇÃO - NOITE De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. INT. CONTATO DESCONHECIDO Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). INT. CAMISA - NOITE Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. INT. DO OUTRO LADO DA ESCURIDÃO Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. INT. REVELAÇÕES - NOITE Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la. FIM DO SONHO INT. QUARTO – NOITE Acordo sobressaltado, com medo e pensativo - só passado alguns instantes consigo abrir os olhos, levantar da cama, ligar a luz e perceber que estou na segurança do meu quarto.

Sonhei que estava em uma floresta com

Sonhei que estava em uma floresta com o que parecia ser minha família, mas não lembro do rosto de ninguém. Tinham três pessoas comigo, eu acho. Uma era criança. Tinha umas mesas, acho que estávamos fazendo um piquenique. Alguém pediu pra caminhar até um terceiro telhado pra fora da mata, eu disse que não queria, mas insistiram que era só até ali. Fomos em direção ao local, mas conforme nos aproximávamos eu ia sentindo um cheiro estranho, cheiro de morto. De repente, tropecei em algo e minha perna afundou, era um buraco no chão e dava pra ver um caixão no fundo. Não queria mais ir até o terceiro túmulo mas continuaram insistindo e fomos. Quase chegando lá, fomos impedidos pelo o que pareciam ser guardas, que ao nos ver ficaram apavorados. Disseram que não deveríamos estar ali, que precisávamos ir embora imediatamente, que não era seguro. Eles pareciam estar procurando por algo/ alguém. Fiquei muito assustada qndo percebi que o caminho de volta tinha mudado, não era o mesmo local, e no chão havia um rastro imenso de sangue. Tentei reunir todo mundo, mas duas pessoas se perderam. Só consegui pegar a criança, começamos a correr, mas tive que pegar ela no colo. Saindo dali, era como se minha casa fosse em frente ao lugar, mas não havia mais floresta, só o cemitério. Coloquei a menina pra dentro e tranquei tudo. A casa era pequena e não se parecia em nada com o meu apartamento, ou a casa da minha mãe. Tive mais uma sonharada depois disso, mas o resto eu não consigo me lembrar. Se alguém puder me ajudar a decifrar, fiquei bastante assustada!

Sonhei que tinha um avião com um

Sonhei que tinha um avião com um homem dentro dele atirando do céu em mim, depois me escondi ao lado da minha cama e via o avião pela janela aberta ele atirava mas não me acertava Na noite anterior sonhei com cavalo marrom Na outra com uma mesa longa cheia de crianças e depois com árvores longas altas numa floresta, mas só tinha a visão não estava na floresta