Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém na minha

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhei que um meu tio da parte

Sonhei que um meu tio da parte da minha mãe que só tem filhas, tinha um filho de uns 3 ou 4 anos e esse tal filho estava aqui na minha casa,só que o tal filho foi batido por uma cobra e morreu, mas o meu Tio não ficou triste, apenas questionou como uma cobra entro em casa de pessoas tão religiosas na presença de uma minha tia da parte do meu pai e pediu para cantarmos e dançar ao invés de chorar pela morte do filho.

Sonhei que uma mulher se jogou de

Sonhei que uma mulher se jogou de um prédio na minha frente no sonho ela me implorou por algo e eu a rejeitei mas não lembro o que era. Aí ela tirou a roupa na minha frente e eu vi ela nua, mas só os seios dela. Depois que ela ficou nua, ela subiu ao topo de um prédio e se jogou no chão. minha reação foi de surpresa, intrigado e um pouco assustado. Eu vi o momento em que ela estava caindo no chão bem na minha frente o barulho do impacto, o sangue e os detalhes do sonho. E uma música triste tocava dentro do sonho eu sabia o que a mulher queria, mas não me lembro.

Bom o sonho começa na minha casa,

Bom o sonho começa na minha casa, estava eu e minha mãe, nisso chegou minha tia (irma da minha mãe), e ela trouxe uma menina de mais ou menos uns 13 anos, cabelos castanhos, pele bem branca, ela disse que eu e minha mãe precisávamos ficar com ela porque ela havia sequestrado ela, detalhe a menina era cega. após isso ela saiu e a gente ficou com ela, ai eu fui convidada para uma formatura e levei ela junto, ela estava com um vestido vermelho e eu com um azul, aí lá na formatura a gente meio que entrou em um quarto de hotel, e ela pediu para ir ao banheiro, vi que ela estava demorando muito e fui ver o que aconteceu, aí ela disse que estava com muita dor, que aquela mulher (minha tia) tinha machucado ela, ai eu perguntei o que ela fez e ela mostrou a barriga dela toda aberta com os órgão amostra, ela disse que a mulher esfaqueou ela, nisso eu senti uma forte agonia um pressentimento ruim, tirei ela dali e fui para a praça central da minha cidade, já estava anoitecendo, ai essa menina virou uma menina loira de olhos claros e bem nova de mais ou menos uns 5 anos, ai falei com a minha mãe que não deveríamos ficar com ela, porque poderíamos ter problemas porque afinal ela foi sequestrada, falei com a minha mãe para devolvermos ela, e ela disse que poderíamos ir presas e que minha tia tinha pedido para matarmos ela. falei que nao poderiamos fazer isso, minha mãe concordou em escondê la, quando fomos procura-la ela estava dentro de um saco preto de lixo, ai minha tia chegou e eu acordei

Eu estava andando por um lugar escuro,

Eu estava andando por um lugar escuro, segurando a mão de uma mulher, pois eu estava com medo. tinha um menina na minha frente e caminhavamos juntos em direcao essa porta. tinha um menino que vinha atrás da gente, mas desviou o caminho para escrever em uma folha algo, enquanto continuamos caminhando em direcao a porta, do lado da porta tinha escito: nao de atencao a ninguem. e o menino cheggava e tentava me dizer o que tinha acontecido com ele

Olhei pela janela e vi no quintal

Olhei pela janela e vi no quintal um lobo grande, cinzento e peito branco, ele era lindo. Fiquei com receio dos meus gatos saírem para i quintal, eles estavam a tentar sair pela janela e eu a tentar impedir, não apareceu mais o lobo, mas apareceram cães, nos sítios mais incríveis, depois sonhei com uma criança pequenina que estava a tentar pôr na cadeirinha do carro, mas estava lá alguém a dificultar a situação. Depois estava a entrar em algum sítio, e um homem estava a tentar roubar 2 pássaros da gaiola, um era um piriquito verde, e o outro acho que era um canário, eu não deixei, o homem disse que me dava um estalo, eu disse para dar e ele disse que se calhar dava noutra altura. Vi os pais de uma criança que andava na minha cresce, a mãe tentou abraçar me, mas eu estava toda transpirada, porque tomo antidepressivos e não deixei, disse lhe que tinha que tomar banho primeiro. Não me lembro de mais nada, mas sei que sonhei com mais coisas que não consigo lembrar me

Sonhei que chegava em uma rua que

Sonhei que chegava em uma rua que estava tendo festa,encontrava uma amiga que estava com 4 notas de 50,00 e mim dava uma pra comprar cerveja quando eu olhava na minha pochete eu tinha 3 notas de 50,00, quando eu percebia alguém tinha mim dado um bebê e minha filha tava cheia de criança a gente ia comprar, só que no caminho começou a cair um monte de pedrinhas do céu e bomba,a gente ficava procurando um lugar pra se esconder, quando achava um restaurante, só que no restaurante tava cheio de polícia e ai eles saíram e começou o tiroteio,ai acordei

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma casa humilde de alvenaria, com uma escada um pouco elevada e ampla sem vedação. Estacionei o carro e desci. De fronte a casa ao pé do sopé da escada estava uma mulher sentada e crianças a brincarem ambas do sexo feminino mas uma é que me seguia, Outras pessoas, jovens quase na minha faixa etária estavam no nível acima do sopé que dava acesso a varanda. Eu sentei com a mulher a conversar mas de repente dei falta dos meus chinelos cor de rosa claro. Perguntei mas ninguém deu me atenção. Então levantei subi a elevação da escada e quase no chão da varanda no murro largo que delimitava a escada senti-me numa posição em que o meu a planta doeu pé estava virada para cima. Subiu uma mulher e remexeu nas coisas que estava numa prateleira na parede interna da varanda, então derrubou sem querer um recipiente com água, a água escorreu chão e escada a baixo. Ela disse algo que não percebi, então olhei para a planta do meu pé e estava sujo. Daí desci para procurar chinelos. Fui em direção ao carro, a criança me seguiu e não falava nada, de repente vislumbres o carro com portas traseiras abertas e o par de chinelos estava lá, simetricamente deixadas no chão do carro e os chinelos tinham marca ligeira de sujidade onde aceita a planta dos pés, me espantei por ver a cor porque eu não tinha chinelos rosa-claro. Então pensei que só podiam ser da minha namorada apesar de serem do meu tamanho, e que teria sido a criança que me seguia que deixou lá. Então olhei para a criança para ter certeza que tinha sido ela. Mas quando olhei de volta, o meu carro não estava lá. No entanto um pouco mais afastado da casa tinha uma espécie de lixeira, com ramos e restos de árvore re em cortados e deixados lá ainda com folhas verdes. Aproximei e a criança seguia-me se falar nada. Chegado lá vi um caro que parece que tinha acidentado pás com a parte frontal removida. Examinei o carro e dentro do carro no banco de trás havia roupa bem dobrada. Perto daquele carro tive a sensação de que alguém podia ter morrido naquele carro. Mas nada de sangue ou vestígios de estragos, entretanto continuava com aquele mau pressentimento. Foi quando do nada apareceu outra criança negra do sexo feminino com carta arredondada e uma expressão séria e fechada. Quis testar se ela era um fantasma ou demônio então segurei a firme pelo braço junto da articulação do ombro e pronunciei Deus mas a minha voz não saia bem fiz força para libertar minha voz mas não saía por completo. Nesses esforço de querer invocar Deus enquanto a seguva firme e ela olhando fixamente para mim. Fui transportado para minha cama onde eu estava a dormir. E enquanto segurava ainda na criança misteriosa e mesmo que já sem vê-la sentia que a segurava invocando Deus mas minha voz mal saía. Então, então olhei para o lado e eu ví uma luz dourada num padrão lindo no ar e a luz materializou se em uma figura masculina imponente mas à medida que aproximava a figura transformou-se em uma bela moça de cor bronze e uma marca que lembra estrela mas de cor preta na bochecha Direita. Importa dizer que quando via luz deixei de sentir a criança. E na cama eu estava dentro da rede mosquiteira. Quando a linda moça chegou bem perto de mim ela queria dizer algo mas a voz dela não saiu e só sorria para mim. E De repente senti e vi que não estava sozinho na cama. Estava meu filho mais velho de 13 anos e uma outra moça que não vi o rosto mas sentia a do mesmo jeito que sentia meu filho, o rosto do meu filho vi nitidamente. Eu implicava a moça linda com a marca na bochecha para ficar comigo mas meu filho e a moça que está com ele na minha cama diziam que não era necessário ela ficar que eles os dois me virariam e a linda moça com gestos concordou e apontou que eu devia estar confiar neles. Daí eles tocaram me na barriga e com os dedos pressionaram minha barriga e eu senti arrepios, não medo só uma sensação que energia no meu corpo e acordei.

Eu ia comprar um espécie de sabão

Eu ia comprar um espécie de sabão feito a mão num comércio Eu saia olhando os produtos e percebia que eu tava com dois óculos ao mesmo tempo Um azul e um preto normal que era o meu de uso Aí eu colocava o azul no vestido e o preto normal no rosto e colocava uma tiara de gatinho azul na cabeça. Aí entrava duas adolescentes voltando da escola Aí eu não achava o sabão feito e ia comprar os ingredientes pra fazer Aí eu meio que falava pra professora que tava junto com as meninas que eu tava lendo um livro que o nome era "enquanto a gente coisava" Aí o cara do balcão ( não sei pq eu já tava no balcão mais não tava com nada nas mãos pra pagar) um branco dos cabelos meio longos e marrom, meio ondulados tbm. Começava brigar comigo por eu falar essas coisas com a professora, ele tipo dava aquele soquinhos esfregados na minha cabeça e aquele abraço forçado de irmãos... aí a professora ficava mostrando pras meninas e falando como eu ficava comportada quando ele brigava comigo Segunda vez que eu sonho comprando coisa em comércio que esse menino tá e vários outros meninos que eu tabm nunca vi na vida Aí do nada parecia que alguém tava narrando isso como se fosse a história de um livro E eu óbvio ia me apaixonar por ele pq era história de livro né

Sonhei que estava com muito medo de

Sonhei que estava com muito medo de amedrontada e derrepente senti ia acontecer alguma coisa ruim iam arrobar a porta da minha casa e antes do acontecimento fui segurar a porta e derrepente homens atiravam no meu peito e na minha casa e caia no chao e sentia um aperto orrivel, nesse sonho estava amendrotada e com muito medo, sensaçao de morte