Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém namorado

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Eu e meu namorado estamos brigados, ele

Eu e meu namorado estamos brigados, ele fez umas transferências de dinheiro e não me contou. Ele me mandou ir pro inferno. Hoje eu sonhei que ele estava MUITO magro, muito mesmo e que de dentro dele saia uns cocôs enorme, ele fazia muito coco. ( ele faz academia na vida real)

Eu e meu namorado estávamos dormindo, aí

Eu e meu namorado estávamos dormindo, aí do nada eu escuto um choro de criança. Eu levanto pra verificar aí eu entro num quarto, onde estava muito frio, e vejo um berço, mas sem ninguém nele.

No meu sonho era a noite, e

No meu sonho era a noite, e a sogra do meu pai liga e informa que meu namorado foi estacionar o carro para o vizinho e a perna travou e ele desceu até o final da rua, causando uma colisão onde atingiu a cabeça toda cheia de sangue e morreu. Eu comeco a chorar não acreditando. Porém em seguida meu pai me leva para o hospital com a esposa dele e no caminho ele sai batendo o carro e eu falo pra ele parar de fazer isso. no hospital eu chego e falo, ele queria um filho, ele acorda e fica com sequelas de a barriga cheia de pele e cicatrizes nas costas e começa a conversar normalmente e acordei

Sonhei que não queria e não conseguia

Sonhei que não queria e não conseguia olhar para o meu namorado atual, sentindo que ele estava bravo, ele mudou para um banco longe do meu e fez um telefonema. Porém, antes disso meu ex namorado havia me abraçado e começamos a conversar, eu liguei pra ele porque estava preocupada

Sonhei que estava em um prédio, não

Sonhei que estava em um prédio, não conheço e nunca vi, onde conheci algumas pessoas, eu estou em um relacionamento, mas eu conheci um cara que estava solteiro e me olhou com os olhos que o meu namorado não tem para mim, me achou linda, me tratou exatamente do jeito que eu gostaria de ser tratada, me fragilizei, me deixei levar e fizemos sexo, foi errado, fiquei o sonho inteiro pensando no meu namorado. Peguei o Instagram dele e arquivei as mensagens para o meu namorado não ver, só que no sonho ele não aparecia. Havia perdido meu amante de vista, até que ele manda mensagem de novo para nós encontrarmos de novo, nos encontramos e fizemos sexo de novo, era muito bom, mas eu sabia que era errado. Eu não tinha coragem de terminar com meu namorado, o meu amante era bonitão e atencioso, toda hora queria me ver e fazer sexo comigo, eu fiquei muito confusa no sonho, até que minha mãe chegou e falou que o que eu estou fazendo é errado, que eu devia terminar com meu namorado, mas eu não tive coragem. Outros homens me chamavam para transar, mas eu queria apenas o outro. O amante era sarado, alto, negro e muito lindo de rosto, eu estava apaixonada, mas eu não queria largar meu namorado.

Sonhei que estava sentada numa mesa e

Sonhei que estava sentada numa mesa e em lugar que não conhecia, estava também meu ex namorado sentado na minha frente e meu atual namorado do meu lado. O meu ex pediu pra voltar e até pediu em casamento, ficou chorando e o meu atual ficando olhando chorando também e meu ex perguntou se eu queria e eu falei que não

Sonhei que estava indo para a casa

Sonhei que estava indo para a casa de uma amiga, pois meu namorado precisava ir para resolver algumas coisas para ela, já que é também advogado dela. Chegando lá, percebemos que estava acontecendo uma festa, da qual não fomos convidados. Porém, por educação a nossa amiga nos chamou para ficar. Eu sai um pouco de perto do meu namorado, e quando voltei ele estava conversando com uma mulher negra que tinha 3 filhos e ele conversava com ela na intensão de conseguir mais serviço como advogado. Eu chamei ele para dizer que deveríamos ir embora, já que a Ana só chamou para ficarmos por educação. Na hora que interrompi a conversa doles para tentar falar isso, ele ficou muito estressado. Gritou e me xingou tanto que tive medo dele. Depois disso, fomos para casa de moto. No caminho, alguém atropelou um gato branco e estranho na nossa frente, que ficou muito ferido. Na mesma hora eu tive a intensão de pegar o animal para cuidar, mas meu namorado me olhou tão bravo que não tive coragem de pega-lo. Por sorte, o moço que atropelou o gato estava disposto a levar o animal e cuidar dele. Com isso, resolvemos continuar nosso caminho para casa, e eu tive ideia de ir carregando meu namorado na garupa enquanto eu dirigia a moto, porém a moto ficou pesada de mais para mim e caímos, fazendo com que ele tivesse que voltar a nos carregar. Quando voltamos para casa, eu fui para o estágio, porém não era no mesmo local que já faço, era um lugar novo que eu havia começado a fazer estágio. Por algum motivo, o lugar parecia escuro e amedrontador. Na hora de sair do estágio, vi o homem que havia atropelado o gato na mesma rua em que o animal havia sido atropelado. O gato ainda estava com a sua patinha torta porém se encontrava com pontos nas costas. O homem estava dando um remédio para ele. Eu fiz carinho no gato antes de seguir para casa. Em casa, me sentei em uma mesa e comecei a me sentir mal. Quando olhei para baixo, tinha um buraco pequeno em minha barriga. Desse buraco, saia um pedacinho do meu intestino para fora. Comecei a gritar minha mãe, mas como tenho vergonha de gritar, o grito saiu baixo. Mesmo ela tendo ouvido, ficou dizendo que já ia, que só ia terminei o serviço, enquanto isso eu gritava para ela vir, porém ela demorou achando que era bobagem. Quando ela enfim veio, viu o meu intestino que agora tinha saído muito mais e resolveu me levar na médico. Nessa hora, já não era mais um pedacinho apenas do intestino, mas uma parte grande. E quanto mais tempo minha mãe e meu pai demoravam para arrumar nossas coisas para ir no hospital, mais meus órgãos iam para fora. A ponto de até mesmo o pulmão direito ficar para fora. Me lembro de dizer que não conseguia ir para o carro e deviam chamar uma ambulância. No tempo que meu pai chamou e a ambulância começou vir, muito sangue saiu da minha boca. Nessa hora, eu e meus pais nos desesperamos pela certeza de que eu não aguentaria. Já na maca da ambulancia, comecei a dizer, principalmente para minha mãe, que destratava dizer aquilo, mas que, se caso acontecesse algo comigo, nao queria que ninguém ficasse o resto da vida triste, queria que fosse capaz de seguir em frente e ser feliz. Enquanto minha mãe falava que não conseguiria, pois era muito para ela aguentar, eu acordei .