Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém olhos

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Fugir

Fugir

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Eu sonhei que via uma arvore e

Eu sonhei que via uma arvore e eu estava debaixo dela e encima da arvore tinha um homem muito bonito cabelos longos barba olhos claros olhando para mim e com asas penas brancas ele me olhou sorriu para mim e derepenti fes uma cara feia se transformou e pulou em sima de mim

Sonhei que subia um morro com o

Sonhei que subia um morro com o dia frio e nublado ao meu lado Dois vampiros e logo a frente uma casa de madeira Os vampiros entram para dentro da casa e eu fico ao lado de fora Ao lado da casa dos vampiros o asfalto e do outro lado do asfalto uma outra casa de madeira Nessa casa uma varanda escura com dois homens no escuro um deles com olhos amarelos eles são homens híbridos O homem de olhos amarelos se aproxima de mim para falar algo mas eu acordo.

Eu sonhei que estava indo a escola

Eu sonhei que estava indo a escola entregar meus trabalhos de escola Na volta e na volta eu encontrei vários trabalhos e papéis de atividades minhas jogadas no chão, como se eu tivesse esquecido de entregar , nesse mesmo momento o cenário do meu sonho muda e passa a ser uma subida com o tempo frio e nublado e do meu lado Dois vampiros ,Damon Salvatore e Stefan Salvatore eles subiam o morro comigo chegando mais a cima do morro eu avistei uma casa grande de madeira eles entram e me pedem pra esperar ali fora ,eles entram e eu fico então eu olho para o outro lado da rua de asfalto e há uma outra casa de madeira dessas americanas com 2 pessoas no escuro eu apenas vejo os olhos amarelos de um deles então eles saiem de lá e eu vejo nítidamente o homem de olhos amarelos , eu vejo o Klaus Mikaelson e o Helija mikaelson o klaus que é um híbrido se aproxima de mim e quando ele vai me falar algo eu acordo

Entrei em um metro e nele tinha

Entrei em um metro e nele tinha muitas mulheres . Quando desci encontrei 4 mulheres com muitos bilhetes. Tive uma briga com alguns guardas ou funcionários. E no final vi lindo olhos azuis ou verdes

Eu era um alma perdida, vagando pelo

Eu era um alma perdida, vagando pelo mundo, nesse período obverva minha ex melhor amiga, eh podia desenhar símbolo e letras em espelhos e vidros suados devido a umidade daquela época e usei isso para sombrar minha ex melhor amiga, cujo nome fictício Carol. Eu adorei ver ela assutada, o medo e adrenalina correndo em suas veias, mas mais tarde Carol uniu forças com suas novas amigas para procurar esse "espírito maglino", construindo um aparelho que capta seres de outro mundo, foi esse parelho que me pegou e me prendeu na terra fazendo estar visivel para todas as pessoas e eu não estava ciente que o aparelho era capaz disso, e na hora Carol me olhou e disse: Slin, é você? - foi neste exato momento que me desperei, repeti em voz alta várias vezes dizendo que esse não era meu lugar, mas eu estava destinada era permancer naquele mundo. Isso me abalou muito, porque no fundo sabia que eu não podia voltar, com o tempo eu não falava mais, não comia, somente existia, entretanto, uma cena me chamou atenção, estamos na escola pintando um papai noel, todo mundo estava fazendo menos eu, estava muito pensativa inclusive, Carol tentou que eu fizesse atividade, mas não consiguiu, eu a ignorava totalmente, então ela pegou meu papel e começo a contornar meu papai Noel de marrom porque não havia a cor preta. E olhou nos meus olhos e pediu desculpas, e perguntei: desculpas pelo o quê? E ela não respondeu, então, comecei a pintar a toca do papai Noel de vermelho e dps acordei....

Eu sonhei q eu tava em uma

Eu sonhei q eu tava em uma trilha de trem com mais algumas pessoas Até q chega um cara aí ele era bem estranho E eu curiosa, fui atrás 2 dessas pessoas foram falar com ele Aí foi aí q tudo começou Aí ficou TD escuro e eu lembro de estar em uma casa justamente com esse homem estranho e 1 garota E pra isso ele queria nós ferir 1° aí ele pegou uma faca eu n consegui me mover e fez 3 furos na palma da minha mão e outro no pulso (de vdd nem sei se ele fez esse furo pq eu lembro dele agarrar eu pulso e enfiar a faca só q depois o furo sumiu) Agt conversava minha visão estava turva Aí pelo oq entendi ele estava tentando incriminar agt por um crime ou algo do tipo Eu lembro claramente do q agt falou depois: Eu- mas vc n vai se ferir tmb? O homem- pode deixar, acharei um jeito de me ferir A garota que tava comigo- porque agt n pode te ferir igual vc fez? O homem- sem perguntas Aí eu lembro q agt foi para um carro só eu e ela e + o motorista Aí eu ela conversávamos no banco de trás falando: Ela-ele vai arrancar seus próprios olhos Eu- que canalha desse jeito n vai ter provas sobre ele, droga Aí apareceu uma vitrine aí tinha uma boneca eu acho e mostrou um olho se mexendo Aí eu e essa garota saímos do carro E o carro estanteneamente explodio Caiu um monte de estilhaços em mim e na garota Mas no estávamos até q bem Ligaram emediatamente para ambulância enquando isso todos perguntavam para mim e para a garota se estávamos bem Chegando no hospital após torra todos os estilhaços eu estava sentada na maca e o médico perguntando se eu tava bem aí eu falei q sim e q só tinha 3 furos na minha mão (os furos estavam como 3 pontinhos pretos) (eu nunca tinha vistos essas pessoas na minha vida, e estava em lugares desconhecidos, o cara tinha o r0sto sujo)

Sonhei que eu estava em uma casa

Sonhei que eu estava em uma casa e eu deitei para dormir e o sonho eu não conseguir abrir meus olhos. Tem abrir na vida real enao consegui tembem so depois de um bom tempo

Estavamos em uma praia ( eu, uma

Estavamos em uma praia ( eu, uma moça mais jovem, um senhor e uma senhora ), todos pareciam ser muito próximos a mim no sonho. A senhora entrou na beirada, e assim que entrou o mar começou a puxa-la violentamente, fiquei deseperada, tentando puxar de volta, mas sozinha não dei conta, e os outros dois correram, querendo somente sair dali. Como se eu tivesse tido um apagão, pulei direto para o funeral da senhora. Assim que o funeral acabou, começaram a mostrar filmagens e fotos daquele dia na praia, e como se eu estivesse revivendo, comecei a lembra de tudo o que houve, como se tivesse voltado na primeira parte. No momento em que a senhora foi puxada pelo mar, foi como se fosse em uma linha reta, e aquele espaço por onde ela era arrastada, foi ficando literalmente seco, porém, nas laterais a água continuava calma. Aquela água que era puxada com a senhora, formava uma onda imensa, que repentinamete começou a voltar novamente para a beirada, e nesse momento o mar ficava revolto. No momento em que a onda voltada, vimos um peixe enorme, que de longe era semelhante a um tubarão, vindo no meio da onda. Entramos em pânico e começamos a correr, e quando esse peixe e essa onda chegaram a a beira da praia, era como se o peixe estivesse morto, e nao era um tubarão, ele era maior, tinha olhos semelhante a de peixes comuns, um desenho de bolinhas em sua cabeça, euma pequena ponta em sua "testa", que se parecia com a ponta de um chifre pequeno. Em cima dele estava a senhora, ainda respirava, mas nao se mexia. Falei sobre salva-la, os dois preferiram ficar distantes, então sozinha eu fui tentar tirar ela de lá. Quando cheguei perto o peixe abriu o olho, me assutei, mas ele parecia ser inofencivo até então, só imenso, então insisti em tirar a senhora de lá. Assim que ele se deu conta de que havia alguém em cima dele, ele pulo com a frente de seu corpo, fazendo a senhora ser jogada para cima, e quando ele abriu a boca, era enorme, com dentes afiados e por toda sua boca, e em uma bocanhada, ele engoliu a senhora. Fui chamada e voltei para o velório, sentindo uma raiva enorme em mim, dos dois que estavam lá, por que não tentaram nada para salvar a senhora comigo, talvez se eu não estivesse sozinha, se eles tivessem ajudado, teriamos salvado ela. Falei então que iria embora, para um lugar onde não houvesse mar. Quando me dei conta eu estava vivendo em um tipo de vila, ou aldeia, nao sei dizer. Era um lugar bem simples, com estradas de terra casas próximas, e já tinha bastantes amigos. Quando três amgos bateram em minha porta, para irmos em algum lugar, e quando eu estava indo, lembrei de voltar e chamar uma amiga. Quando estava em frente a porta dela, notei uma cobra, marrom, com desenhos no corpo, no chão me incarando (tenho pavor de cobras) comecei a gritar pedindo socorro, e nesse momento, ao invés da cobra dar o bote no rapaz que estava mais próximo a ela e no chão, ela preferiu dar o bote em mim, que estava pendurada em uma arvore escorregando. Assim que ela deu o bote, e conseguiu me acertar, ouvi o rapaz falando que era para mim ficar calma, tentando tirar ela de mim, e eu começando a apagar. Assim que finalmente apaguei no sonho, eu acordei.

Eu sonhei que estava em casa com

Eu sonhei que estava em casa com a minha família. de repente um homem vindo do nada e vestido igual a jesus apareceu.eu fiquei muito contente por ver "jesus" ,corri ate ele e abracei-lhe com todas as minhas forças. Passei o meu dia com ele e com outras pessoas que eu fiz acreditar que aquele homem era realmente jesus. mas no final da tarde ele disse "tenho de ir, antes que faça algo e vocês comecem a desconfiar de mim." E foi-se. Para meu espanto apareceu o verdadeiro jesus e eu disse-lhe "Para de ser mentiroso ,já esteve aqui Jesus, tu não vais enganar ninguém." e ele olhou-me com olhos de desorgulho e entrou para um carro. Eu fui chamar a minha irmã para ela ver aquele mentiroso,e quando chegamos la eu vi as mãos dele e...Aquele era jesus. Senti-me uma pessoa horrível e ele ficou muito desiludido. Tentei-me explicar mas antes que eu dissesse algo ele disse que me perdoava. Senti um misto de sensações e só consegui chorar e abraça-lo como nunca tinha abraçado ninguém.