Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém prova

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Fugir

Fugir

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Que uma mulher me mandou mensagem mandando

Que uma mulher me mandou mensagem mandando eu me afastar de um cara falando que ele é casado, eu não acreditei e ela me deu provas de que ele é casado

Na vida real, minha mãe não se

Na vida real, minha mãe não se dá muito bem com o irmão dela (meu tio) por alguns motivos. No sonho, minha mãe, meu tio e meu primo (filho do meu tio) foram dormir em um sítio, e eu fiquei em casa com a minha vó. Pela manhã, meu tio e meu primo chegaram sem minha mãe, falando que ela tinha tentado envenenar meu primo. - Essa parte é um pouco confusa porque junto com eles surgem mais duas pessoas desconhecidas, e na verdade a pessoa 1 tentou envenenar meu primo e a pessoa 2 era cúmplice, não a minha mãe -. Depois que a pessoa 2 entregou a pessoa 1 pra mim, eu fui atrás da minha mãe nesse sítio, e logo na estrada encontrei ela e perguntei por que ela não queria voltar pra casa, que tava todo mundo preocupado, (não lembro ao certo se cheguei a falar que sabia da inocência dela, mas provavelmente sim) então ela só falou que não ia voltar, que ia ficar na estrada mesmo. Então voltei pra casa e comecei a ficar muito preocupada, depois minha mãe aparece no quintal da minha casa DENTRO da casinha do cachorro, eu e os vizinhos vamos falar com ela, comecei a chorar muito e disse que nunca mais ia comer se ela não voltasse pra casa, essa parte foi estranha pois os vizinhos disseram a mesma coisa, e eles jogaram a comida deles no chão perto da minha mãe. Nesse momento eu acordei pois estava começando a chorar de verdade na vida real, me ajudem por favor.

Meu sonho interpreta meu Futuro Sonhei que

Meu sonho interpreta meu Futuro Sonhei que eu estava com meu pai, voltando relembrar do meu passado com ele, lembrando que eu tava em uma casa com pessoas me cuidando, mas pessoas que não me queriam bem, então veio uma mistureba de coisas, que eu tava saindo daquela casa e indo com meu pai, meu irmão no sonho voltado a ser uma criança, e meu país arrumando a malinha, ele me levou a uma floresta linda e escura, com escadas em morro acima, chegando lá em cima tinha uma estrada com uma fazendinha, ele não me acompanho na escada, fui sosinha, depois eu estava esperando ele, que veio com uma moto por outro caminho, me levando a um prédio eu estava indo passar um tempo ali no prédio, mas daí eu não acertava os botão do elevador, eu estava tentando a ir ao meu destino, mas sempre tinha alguém indo primeiro, e eu ali dentro, primeiro uma pessoa entrou no elevador e saiu, depois outra confundiu os botão e estragou alguns com cola quente, depois alguem me distraiu e eu saí do elevador esquecendo meu destino, e daí me toquei, quando eu vi o elevador sem ninguem eu entrei e concegui subi, aí eu dormi e no dia seguinte eu estava em um salão de educação física, tinha uma professora velha e carrancudo, dizendo que ia ter prova de educação física, mas eu tava jogando bola de vôlei e não estava preparada para rebater, sendo que estava errando as jogadas eu tive que parar, e foi aí que meu sonho parou.

Eu sonhei q eu tava em uma

Eu sonhei q eu tava em uma trilha de trem com mais algumas pessoas Até q chega um cara aí ele era bem estranho E eu curiosa, fui atrás 2 dessas pessoas foram falar com ele Aí foi aí q tudo começou Aí ficou TD escuro e eu lembro de estar em uma casa justamente com esse homem estranho e 1 garota E pra isso ele queria nós ferir 1° aí ele pegou uma faca eu n consegui me mover e fez 3 furos na palma da minha mão e outro no pulso (de vdd nem sei se ele fez esse furo pq eu lembro dele agarrar eu pulso e enfiar a faca só q depois o furo sumiu) Agt conversava minha visão estava turva Aí pelo oq entendi ele estava tentando incriminar agt por um crime ou algo do tipo Eu lembro claramente do q agt falou depois: Eu- mas vc n vai se ferir tmb? O homem- pode deixar, acharei um jeito de me ferir A garota que tava comigo- porque agt n pode te ferir igual vc fez? O homem- sem perguntas Aí eu lembro q agt foi para um carro só eu e ela e + o motorista Aí eu ela conversávamos no banco de trás falando: Ela-ele vai arrancar seus próprios olhos Eu- que canalha desse jeito n vai ter provas sobre ele, droga Aí apareceu uma vitrine aí tinha uma boneca eu acho e mostrou um olho se mexendo Aí eu e essa garota saímos do carro E o carro estanteneamente explodio Caiu um monte de estilhaços em mim e na garota Mas no estávamos até q bem Ligaram emediatamente para ambulância enquando isso todos perguntavam para mim e para a garota se estávamos bem Chegando no hospital após torra todos os estilhaços eu estava sentada na maca e o médico perguntando se eu tava bem aí eu falei q sim e q só tinha 3 furos na minha mão (os furos estavam como 3 pontinhos pretos) (eu nunca tinha vistos essas pessoas na minha vida, e estava em lugares desconhecidos, o cara tinha o r0sto sujo)

Sonhei que estava indo para a escola

Sonhei que estava indo para a escola com um amigo e peguei um atalho pela casa de alguém , depois esse vizinho reclamou mas eu não liguei. Quando cheguei na escola a professora me contou que fui aprovado e passei de ano. Depois peguei um ônibus e ele tomou um atalho começou um tiroteio de um bandido só e tinha muitos polícias lá. As pessoas maioria estava calma. Depois o bandido morreu desci vários pontes antes com uma amiga e fui apé

Eu sonhei indo a uma entrevista de

Eu sonhei indo a uma entrevista de emprego numa empresa enorme, a empresa era toda azul. A moça que me contratou, disse que tinha que me levar a um lugar e eu acompanhei-a. A gente descia uma ladeira em terra, passava por trechos cercados por varas, muito estreito. A gente andou e muito e foi escurecendo, em um dado momento do sonho, eu estava em um corredor estreito e escutei quando alguém gritava:corre. E eu saí correndo, no final desse corredor, eu encontrava umas primas que estavam provando sandálias e elas me mostravam essas sandálias. Uma que eu gostei muito era branca e rosa com desenhos de borboletas. Eu saí do lugar querendo encontrar a menina que havia me levado, mas não sabia onde estava. Perdida, encontrei um casal que me perguntou o que havia acontecido e eu contava tudo. Eles me falavam que eu havia entrado no meio dos ciganos e que não era seguro estar lá. A mulher me chamava para ir a casa dela e de lá eu telefonaria para a empresa ou para a moça.