Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém que eu não

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Fugir

Fugir

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Então, ontem a noite fui dormi pelas

Então, ontem a noite fui dormi pelas 23hrs, nesse sonho eu me deparei comigo numa fogueira, tinha mais mulheres junto comigo nessa fogueira, fora o homem que quebraram as pernas dele as duas, essas pessoas que pegaram a gente não falava o motivo de estavamos sendo mortos ainda mais daquela maneira. Quando eles tacaram fogo eu senti cada queimadura, mas quando o fogo acabou vi que só eu sobrevivi de todas as mulheres nessa fogueira nisso eles estavam falando com o cara das pernas que deixaram o cara passam com esse "aviso" que era as pernas quebradas, logo em seguida esse cara olhou e falou(Um dos cara que estavam querendo me mata): _agr é sua vez! Como vc sobreviveu a fogueira sem quase nenhuma ferida? (Sim gente pelo incrível que pareça eu realmente não fiquei tão machuca, únicas feridas que ficaram parecia queimadura de cigarro sabe) Logo eu disse que não sabia e etc, nisso ele falou que se eu não morri assim iria morrer pior, então eu corri. Nisso um cara que eu não sei quem é, porém da msm forma sentia que o conhecia, me parou e falou: _vem por aqui irei te ajuda juro! Eu fui, como eu estava muito assustada por se caçada sem nem saber o motivo segui o homem, ele me mandou ir para laje (deixa eu avisa que isso aconteceu como se fosse no meu bairro sendo que como se fosse numa época muito atrás pq não estava asfaltada estava tudo brejo ainda, mas tinha laje e tals) quando eu subi lá a mãe dele mandou eu me esconder em baixo das roupas que havia ali, me escondi quando percebi que estava gritando lá em baixo quando eu olhei os caras que estavam atrás de mim deram um tiro na cabeça dele do nada percebi que foi por causa de mim por ele me protege e tals, consegui escapa de lá com muito esforço (AGR deixa eu fala uma coisa que nem eu sei o pq falei isso juro, na hora que vi que era eles e vi que mataram o cara eu deitei de novo e comecei a fica desesperada né, assim eu falei: prfv pomba-gira menina me ajuda prfv. Gente deixa eu deixa claro não conheço minha pomba gira nunca joguei pra sabe quem ela é e isso mexeu comigo pq eu não entendi o pq ). Continuando eu fugi de bicicleta sendo que eu não posso andar de bicicleta pq tenho asma e fico com muita falta de ar, fui até a estrada nisso apareceu outro cara tbm de bike atrás de mim tentando me ajuda e ele me ajudou e me levou a um lugar lá eu perguntei se tinha wifi (sei que é muito doido mas esse sonho estava intercalando ou combinados das duas épocas a antiga e a atual pq eu vi minha mãe tbm) outra coisa é que quando eu entreguei o cll eu acordei. Gente eu acordei com um aperto em nome no meu coração, fora que fique uns minutos tentando vê se era realidade ou não. Eu fiquei bastante preocupada e assustada .

Um rapaz chegou aqui em casa. Ele

Um rapaz chegou aqui em casa. Ele me tratou super bem e tinha uma boa oratória e me fazia lembrar que era um conhecido que eu não tenho nenhuma aproximação. Deixei ele entrar, pois até então achava que ele era uma boa pessoa, uma pessoa amiga. Ele tinha uma câmera fotográfica. Pediu para fazer um ensaio aleatório. Com uma rosquinha daquela grande (que eu não me lembro o nome). E enquanto ele estava fazendo isso, recebi uma mensagem, de uma conhecida que falava muito mal dessa pessoa, só que eu não consegui enxergar maldade nele, pois achava que era uma pessoa confiável, um amigo como disse inicialmente. E essa pessoa me trouxe um bolo. Me agradava de todas as maneiras e eu gostava disso. Só que as coisas ficaram estranhas no final do sonho. Descobri que esse cara não era um conhecido meu, mas sim um estranho e que tinha pego essas fotos bestas para fazer montagens maldosas ao meu respeito, assim como havia feito com a moça da mensagem. Depois disso eu acordei.

Sonhei que uma moça que eu não

Sonhei que uma moça que eu não via o rosto havia sofrido um acidente de moto e tinha sofrido amputação das duas pernas e um braço e estava caída ensanguentada no chão

Estava num ônibus e vi uma conhecida

Estava num ônibus e vi uma conhecida que não vejo Há muitos anos. Ela estava com 3 cachorros pequenos. Ela entrou em uma casa e eu entrei junto. Vieram 2 cachorros grandes e eu acalmei os cachorros grandes pra eles não matarem os pequenos. E quando eu consegui, minha sogra apareceu no sobe e disse. Lembra que vc tinha dito que quando vc estivesse fazendo mal pra minha filha você prometeu que terminaria com ela? E eu disse que lembrava. Só que eu não fiquei feliz com isso porque eu tinha certeza que não estava fazendo mal. Mas como respeito muito minha sogra e gosto muito dela e ela de mim eu disse que ia terminar. Quando chamei ela pra conversar, eu fui na frente do espelho pra espremer uma espinha no meu braço. E então começou a sair uma taturana preta grande dele. E eu continuei espremendo. E então ela me queimou. Eu pedi ajuda da minha namorada pra tirar do meu braço. Mas ela tava grudada. E quando ela conseguiu, meu braço tava todo machucado. E ai minha sogra me chamou e disse : me desculpa, vc devia ta fazendo mal pra minha filha pq estava envenenada com lagarta preta. Mas agora ela já saiu. Ai eu disse: Mas ainda tem um pedaço dentro do meu braço e ela disse: Mas vai sair, pode sossegar. E então, nós fomos em um restaurante e a minha namorada começou me dar alimentos que eram bom pra ajudar a passar os efeitos da lagarta. E uma hora eu sai pra entender o que era aquela lagarta. E me separei em uma casa velha abandonada cheia de lagarta, onde ali tinha ninhos e mais ninhos de lagarta. E então eu tomei todo cuidado do mundo pra sair de la, sem nenhuma lagarta me atingir. E quando tava quase conseguindo eu acordei.

No meu sonho tinha uma criança que

No meu sonho tinha uma criança que era meu filho chorando e eu pedia pra o meu esposo acalentar ele. Na sequência olhei na estrada uma mulher parecia uma freira vestida de preto e branco ao longe não vi o seu rosto e logo depois a ex sogra de meu esposo entrou em meu quarto como por mágica e me olhava cabisbaixa como se estivessse possuidora é me dizia varias coisas em uma linguagem que eu não entendia e meu esposo me protegendo dela gritei muito e acordei com as carnes tremendo de medo.

Sonhei que saia todos os dias, para

Sonhei que saia todos os dias, para salvar a vida de um bebê que estava morrendo todos os dias. No caminho, encontrei uma amiga da família cuja no sonho se dizia minha sogra. Quando nos despedimos, recebi uma ligação da minha mãe me informando sobre a morte de um conhecido...nesse exato momento, me vi cercada de bandidos no meio de um tiroteio e eles diziam que eu não poderia sair.

Eu era um alma perdida, vagando pelo

Eu era um alma perdida, vagando pelo mundo, nesse período obverva minha ex melhor amiga, eh podia desenhar símbolo e letras em espelhos e vidros suados devido a umidade daquela época e usei isso para sombrar minha ex melhor amiga, cujo nome fictício Carol. Eu adorei ver ela assutada, o medo e adrenalina correndo em suas veias, mas mais tarde Carol uniu forças com suas novas amigas para procurar esse "espírito maglino", construindo um aparelho que capta seres de outro mundo, foi esse parelho que me pegou e me prendeu na terra fazendo estar visivel para todas as pessoas e eu não estava ciente que o aparelho era capaz disso, e na hora Carol me olhou e disse: Slin, é você? - foi neste exato momento que me desperei, repeti em voz alta várias vezes dizendo que esse não era meu lugar, mas eu estava destinada era permancer naquele mundo. Isso me abalou muito, porque no fundo sabia que eu não podia voltar, com o tempo eu não falava mais, não comia, somente existia, entretanto, uma cena me chamou atenção, estamos na escola pintando um papai noel, todo mundo estava fazendo menos eu, estava muito pensativa inclusive, Carol tentou que eu fizesse atividade, mas não consiguiu, eu a ignorava totalmente, então ela pegou meu papel e começo a contornar meu papai Noel de marrom porque não havia a cor preta. E olhou nos meus olhos e pediu desculpas, e perguntei: desculpas pelo o quê? E ela não respondeu, então, comecei a pintar a toca do papai Noel de vermelho e dps acordei....

Sonhei que estava em um passeio com

Sonhei que estava em um passeio com colegas de classe, o ônibus que era vermelho sofreu um acidente em um túnel eu acho, estava chovendo e escuro, sai do ônibus tendo dificuldade pois estava andando sobre uma lama, depois a cena muda pra Praça da minha cidade, tava escuro, e achei um pouco vazia de pessoas, mas tinha uma ou outra passando, olhei no relógio e vi 11 horas, achei que tava cedo, porém percebi que pela escuridão era noite. Fiquei preovupada de chegar tarde e preocupar meu pai, quando estava andando pra casa um cara que parecia um monge, não tenho certeza, tava bebendo alguma coisa, parecia um milkshake, ele tava sentado em uma escada, conversou comigo, era novo, simpático, me convidou pra entrar no templo dele, eu lembro de pensar que não era certo, pois eu não o conhecia e ele não poderia ser legal, exitei, mas mesmo assim entrei, depois disso não lembro muito bem o que a aconteceu no templo, mas ele queria se casar comigo, as outras pessoas do templo já estavam preparando o casamento, eu não queria, mas eu estava presa, eles não me deixavam sair, não sei como eu fugi, eles foram atrás de mim e eu de diversas formas me esquivava e enganava eles em diversas situações, no final, mostra eu com um livro ao lado de duas amigas que eu não conheço, contando essa história que tinha acontecido, eu estava sorrindo e feliz.

Sonhei que estava em um passeio com

Sonhei que estava em um passeio com colegas de classe, o ônibus que era vermelho sofreu um acidente em um túnel eu acho, estava chovendo e escuro, sai do ônibus tendo dificuldade pois estava andando sobre uma lama, depois a cena muda pra Praça da minha cidade, tava escuro, e achei um pouco vazia de pessoas, mas tinha uma ou outra passando, olhei no relógio e vi 11 horas, achei que tava cedo, porém percebi que pela escuridão era noite. Fiquei preovupada de chegar tarde e preocupar meu pai, quando estava andando pra casa um cara que parecia um monge, não tenho certeza, tava bebendo alguma coisa, parceria um milkshake, ele tava sentado em uma escada, conversou comigo, era novo, simpático, me convidou pra entrar no tempo dele, eu lembro de pensar que não era certo, pois eu não o conhecia e ele não poderia ser legal, exitei, mas mesmo assim entrei, depois disso não lembro muito bem o que a aconteceu no templo, mas ele queria se casar comigo, as outras pessoas do templo já estavam preparando o casamento, eu não queria, mas eu estava presa, eles não me deixavam sair, não sei como eu fugi, eles foram atrás de mim e eu de diversas formas me esquivava e enganava eles em diversas situações, no final, mostra eu com um livro ao lado de duas amigas que eu não conheço, contando essa história que tinha acontecido, eu estava sorrindo e feliz. No final Acordei e fiquei alguns minutos com medo e demorei um pouco a dormir, tinha a sensacao que por mais que tenha tido um final feliz aquilo tinha sido um pesadelo.