Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém tortura

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Fugir

Fugir

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhei que estava na casa da minha

Sonhei que estava na casa da minha vó por parte de mãe. Conversava com um meio irmão por parte de pai - não convivo ele, tem mais de 18 anos que não o vejo - ele estava preso em uma realidade alternativa. Eu o via através de uma TV. Ele me falava que a mãe dele fez aquilo com ele, o deixava preso. Eu fiquei com muita dó e tentei ajudar ele, no fim eu troquei de lugar com ele, junto com a minha irmã. E no final, ele e a mãe dele estavam juntos e ficavam torturando a gente. Minha irmã era perfurada com uma espada e eu ficava olhando. Quando no final do sonho eu consegui sair daquele lugar, estava de volta a casa da minha vó, me sentia presa ainda e não conseguia fazer nada contra ele.

Sonhei com o meu tio que ele

Sonhei com o meu tio que ele voltou da cadeia e ele está. Me torturando e batendo e querendo me matar

Dois sonhos seguidos. No primeiro me via

Dois sonhos seguidos. No primeiro me via cantando em um estudio como se tivesse gravando um álbum de música. Na segunda noite a cena se repete com o acréscimo de alguns outros supostos artistas que não me lembro quem são. No quadro seguinte do segundo sonho estou em um lugar fechado com muitas pessoas e sou requisitado a comparecer em um determinado local para encontrar alguém. Fui até o local e me deparei com uma sala luxuosa e vazia com um sofá vermelho próximo de uma das extremidades do recinto. Foi quando chegou uma mulher, que na vida real eu conheço apenas de vista e sei que não daria moral pra mim, sentou no sofá ao meu lado e começou a conversar e se insinuar para ficar comigo. Até que forçadamente nos beijamos. Passou-se um período curto de tempo quando a sala ficou lotada e eu comecei a debater com alguns caras que presumivelmente conheciam a mulher e também a debater com ela com um sentimento de indignação e tortura psicológica. Outro rapaz, ao escutar o meu relato sobre o ocorrido com a moça, afirmou que o mesmo aconteceu com ele. Em um dado momento do sonho a moça levantava uma bandeira do Santos, meu clube de coração, e lembro de dizer a ela que ela só estava posando pois não possuía paixão genuína pelo clube. Acordei com sensação de mal estar, medo, receio do futuro e com a mente profundamente torturada.