Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém verme

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Passava em frente da casa de uma

Passava em frente da casa de uma pessoa conhecida,e havia uma escadaria. Fumei um cigarro, havia 2 crianças a janela ao lado de fora e 2 mulheres na sala com a porta para a rua ao lado da janela onde olhavam as crianças. Passei a diante com a sensação de conhecer uma das mulheres a dentro mas nao quis entrar. Dei um aceno xomo um boa noite. Ela acenou e disse para esperar... nao esperei w ela veio atras de mim. Quando ela me alcansou estava passando por uma encruzilhada onde havia uma praça. Me convidaram duas mulheres parecidas como ciganas ou algum tipo de xamã fizemos um ritual com muita fumaça e fiquei meio embreagado com aquele ritual. Recebi ao final duas guias uma branca e uma vermelha. Acordei.

Sonhei com uma arvore no céu a

Sonhei com uma arvore no céu a metade era verde mais a outra metade era murcha derrepente do céu se iniciava uma batalha e só acabava quando começava a descer um homem tipo a aparência barbuda e vestido de roupa tipo vestido com um cordao vermelho na sintura .

Sonhei que alguém tinha se casado e

Sonhei que alguém tinha se casado e a vesta era em um navio no mar e que a atração era nadar com animais aquático incluindo tubarão e eu desci ao mar com um vestido vermelho e sentei ao fundo querendo tirar um foto quando um tubarão martelo manso venho e encostou a cabeça na minha barriga

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo,

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la.

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. INT. PERSEGUIÇÃO - NOITE De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. INT. CONTATO DESCONHECIDO Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). INT. CAMISA - NOITE Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. INT. DO OUTRO LADO DA ESCURIDÃO Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. INT. REVELAÇÕES - NOITE Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la. FIM DO SONHO INT. QUARTO – NOITE Acordo sobressaltado, com medo e pensativo - só passado alguns instantes consigo abrir os olhos, levantar da cama, ligar a luz e perceber que estou na segurança do meu quarto.

No sonho eu puxava um fio por

No sonho eu puxava um fio por cima de uma serra alta onde eu tinha que levar o cabo de uma serra a outra mais tinha uma divisa funda entre as serras dizia que eu tinha que jogar o cabo de um lado pro outro. Em cima dessa serra quando eu ia caminhando eu via 4 cavalos dois do mesmo tamanho um maior e outro bem grande mesmo eles me viam e paravam de correr eu ia mais perto um pouco tentar assustar eles pra mim levar o cabo e eu via um altar cheio de coisas velas um santo no meio e um fundo todo vermelho e logo depois eu jogava 4 pedras nesses cavalos pensando q eu ia assustar eles maia eles nem se mechiam do lugar. Depois eu saia de perto deles tentando voltar pra onde tava o carro da empresa ai chegava uma mulher e tinha um monte de terra e ela me perguntava se eu nao tinha nexido em nada de la e eu disse q nao, ela me devolvia uma joia dizendo pra mim de devolver nao sei pra quem q so por causa daquela joia ela conseguiu chegar ali se nao fosse a joia nao sei quem nao tinha deixado ela viva e q era muito difícil ela ser a oitava filha entre 7 irmãs q ela deu a entender q tinha

Sonhei que eu estava na varanda de

Sonhei que eu estava na varanda de uma casa aí estava de noite , eu olhava para o outo lado do rio era uma cidade , e eu via fumaças vermelhas de fogo , via tbm três pontos brilhosos no céu , onde eles caim o fogo aumentava , via tambem meu irmão com um botijão de gás , ele abria aquele botijão , e eu via muito gás saindo eu sentia um forte cheiro de gás ..