Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


É a terceira vez em intervalos distantes

É a terceira vez em intervalos distantes que eu sonho o seguinte: Estou em um ônibus e tudo parece ser anos atrás então passo eu frente uma casa que fica tremendo (pra lá e pra cá rápida) e eu falo que é uma casa de macumba, logo a frente vejo outra casa de macumba

Minha casa mais alta que a realidade

Minha casa mais alta que a realidade as cercas caídas cheio de gente meninas amigas meu colega de casa eu estava armado e brincando e feliz

Sonhei que um pai de santo ia

Sonhei que um pai de santo ia me da um banho e dizia que esse banho ia me curar, mas antes de começar a tomar esse banho uma mulher me interrompia e insistia muito que eu aceitasse uma vaga de emprego

Sonhei que eu encontrava o corpo de

Sonhei que eu encontrava o corpo de um homem que tinha os cabelos um pouco grande e se não me engano tinha barba também era um homem aparentemente descuidado, o lugar parecia o quintal da minha casa, eu pegava ele nos braços sentada no chão e ficava apavorava, sem saber oque fazer. Não sei dizer se no sonho ele estava morto ou não ou se estava só desacordado ele tava um pouco machucado na barriga. Ai a única solução que eu encontro é ajeitar e cuidar do corpo dele da melhor forma possível e colocar num cômodo que parecia ser um banheiro no fundo do meu quintal, ate que fossem buscar ele. Ai depois não sei se no mesmo dia eu me vejo sentada com a minha mãe numa mesa e a gente conversando sobre um tio meu mt querido que também é meu padrinho, que ele tinha sido atropelado, e nao estava nada bem. Falando que eu tinha cuidado do corpo dele e que estavam só esperando socorrer ele para tentar reverter a situação. Dando a entender que aquele corpo que eu tinha achado e não conhecia era dele, mesmo a aparência não sendo nada haver com a dele era ele. E tinham tipo a esperança dele “ressuscitar” mesmo ele aparentemente ja estando morto.

Sonhei que eu entrava em um ambiente

Sonhei que eu entrava em um ambiente onde estava tendo uma defumação, e eu estava esperando a minha vez para ser atendida pelo pai de santo, ao sair daquele lugar estava na cozinha da casa da minha avó, cozinhando uma sopa onde apareceu uma mulher que eu identificava como Iemanjá dizendo que eu estava fazendo uma oferenda para Ogum, em seguida de dentro da panela saiu uma cobra que era preta e quando ela subia para parede era um amarelo mas tinha a cara quadrada com dois olhos em cima e dois olhos embaixo e ria para mim, e a mulher que era Iemanjá dizia que eu tinha a espada de Ogum aí eu acordei.

Esta noite eu sonhei que pegava uma

Esta noite eu sonhei que pegava uma cobra para me. ela ficava debaixo da minha cama, eu conseguir perceber que ela tinha colocado filhos" que parecia filhotes de sapos". eu conversava com minha mãe sobre ter que tirar quela cobra de lá, pois eu estava com medo de comer meu irmão, que estava do lado da cobra. eu pegava a cobra e colocava dentro de uma sacola, ela ficou na cor roxa" aa cobra sempre parecia está dormindo, ou muito lerda, em nenhum momento a cobra tentou me atacar" logo ela mudava de formato, ficava parecido um polvo do mar e começava atentar sair de dentro da sacola, agarando meus braços com os tentáculos. eu deixava ela cobra em um lugar que eu conheço, esse lugar também ficava na cor da cobra " ela já tinha voltado para seu formato de cobra". no final eu sai daquele lugar e uma tia minha aparecia com os olhos roxos, e fala assim para mim' obrigado por ter me apresentado ela" se referindo a cobra