Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém conhecido

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Sonhava que estava eu e minha esposa

Sonhava que estava eu e minha esposa caminhando numa estrada cheia de pessoas nao os via mas sabia que tinha muita gente la como se fosse uma procissão,então um homem conhecido a chamava pra conversa com ela enquanto eu continuava caminhando e ela ficava pra trás conversando com esse rapaz dai ele pedia um beijo pra ela, e ela meio desconfiada dava o beijo nele e eu via tudo e eu e minha esposa começava a descote e dizia que eu ia me separa dela mas quando eu começava a tira a aliança ficava amaçada e estava rachada

Sonhava que estava eu e minha esposa

Sonhava que estava eu e minha esposa caminhando numa estrada cheia de pessoas nao os via mas sabia que tinha muita gente la como se fosse uma procissão,então um homem conhecido a chamava pra conversa com ela enquanto eu continuava caminhando e ela ficava pra trás conversando com esse rapaz dai ele pedia um beijo pra ela, e ela meio desconfiada dava o beijo nele e eu via tudo e eu e minha esposa começava a descote e dizia que eu ia me separa dela mas quando eu começava a tira a aliança ficava ameaçada e estava rachada

3 meninos que eu conheço, o que

3 meninos que eu conheço, o que eu gosto e os outros 2 conhecidos me mandando mensagem para sair, e eu encontrando todos os 3 juntos na mesma casa de praia

Sonhei que estava em um lugar desconhecido

Sonhei que estava em um lugar desconhecido , acordei em um quarto enorme e nua , me enrolei em um lençol e sai do quarto, parecia que eu estava em um hotel , a sensação que tive foi que eu estava fugindo mas não sei do que , consegui entrar no elevador e fugi , só que a mesma cena que eu relatei se repetiu , só que quando fugi dois homem estranhos parecendo robôs tentaram me impedir e quando consegui correr e entrar no elevador um deles apertou um botão e o elevador subiu e vôou por cima do teto e caiu em uma mata não sei o resto por que acordei .

"Mendigo" invadindo a casa da minha melhor

"Mendigo" invadindo a casa da minha melhor amiga, mas na casa só tinha eu, e ele tava pedindo 50 centavos e eu não tinha, ele então pegou meu celular e disse que só ia devolver se eu desse o dinheiro, aí do nada uns familiares e conhecidos apareceram pra me ajudar. Então eu consegui pegar meu celular, e joguei pra um conhecido meu pegar. Aí o "mendigo" do nada tirou algum tipo de arma branca pra me matar só que eu vi, passei por ele e sai correndo. Então eu fiquei atrás do meu conhecido e ele tava tentando matar a gente. E então acordei.

Sonhei que eu estava num lugar conhecido

Sonhei que eu estava num lugar conhecido no litoral onde minha mãe e minha sogra tem casa. Porém esse lugar não era igual o verdadeiro, nem vi mar nessa vila. Estava tendo uma tempestade muito forte mas não tinha água. A tempestade era de vento forte, tão forte que chegava a derrubar os postes de energia de concreto da rua. Esses postes não era presos à fios elétricos e caiam em cima de casas e não no chão. Eu corria para me proteger e consegui entrar em um lugar, provavelmente uma casa. Nesse sonho também estava a minha sogra tentando se esconder em sua casa ou em uma casa. Não lembro se tinha mais pessoas comigo, sinto que tinha mas não as vi. Só consigo lembrar de eu mesma fugindo para me proteger, e da minha sogra também correndo se escondendo dentro da casa dela. Mas essas casas este bairro por mais que era conhecido no sonho, eu nunca ouvi antes. Acordei do sonho muito assustada e repreendendo o acontecido no sonho.

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo,

Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la.

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num

SONHO – LUZES - NOITE Encontro-me num lugar escuro. Não sinto medo, dor, frio, nem calor. Não sei onde estou, não sei o que faço aqui. 10 metros a minha frente percebo meia dúzia de luzes brancas bailando no ar. Elas são pequenas uma delas pisca num ritmo quase a se apagar. INT. PERSEGUIÇÃO - NOITE De repente as luzes flutuam em minha direção. Aí meu Deus - o que que é isso?Coração acelera e o medo do desconhecido impulsiona-me a correr na direção contrária. Em meio a fulga, pergunto-me: o que são essas luzes? Porque estão me perseguindo? O que elas querem de mim? Ah, conceteza são alienígenas! Devo corre mais rápido para não ser capturado. INT. CONTATO DESCONHECIDO Nessa angustiante busca por respostas, ouço uma voz de homem dizendo: As luzes querem algo seu. Pergunto, o que elas querem de mim? A resposta é dada por uma visão. Vejo minha camisa (estampa florida com pétalas azuis e vermelhas). INT. CAMISA - NOITE Penso, "mas elas querem a camisa que mais gosto, sem contar que essa ganhei de presente do meu amor". Em meio a escuridão tiro a camisa do meu corpo e deixo-a para trás. Então, finalmente, avisto um barco encalhado que serviu-me de ponte para orla de uma cidade. INT. DO OUTRO LADO DA ESCURIDÃO Agora encontro-me na orla iluminada pelas luzes dos postes. Vejo, bancos de concretos, árvores. Também vejo pessoas, mas não atento ao rosto de nenhuma delas. Minha maior preocupação é saber se já não sou mais perseguido. Aliviado estou por não ver mais aquelas luzes, alienígenas, ou sei lá o que. INT. REVELAÇÕES - NOITE Não demora muito para vir o susto. Nossa! Ainda estou vestido com a roupa que as luzes queriam de mim. Vejo que a roupa que deixei para trás foi uma camisa antiga (tonalidade rosada, com estampa florida e pétalas verdes). Essa camisa eu quase não uso. Receoso, tiro do meu corpo a camisa, cujo as luzes tanto almeijam. Peço para um garoto deixá-la pendurada próximo ao barco, afim das luzes encontrá-la. FIM DO SONHO INT. QUARTO – NOITE Acordo sobressaltado, com medo e pensativo - só passado alguns instantes consigo abrir os olhos, levantar da cama, ligar a luz e perceber que estou na segurança do meu quarto.