Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém novo Página 2

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Meu sonho começa assim eu estava na

Meu sonho começa assim eu estava na casa de uma amiga e logo que eu entrei na casa dela ela estava com umas das pernas finas e rececada chegando no osso ela falou o no da doença mais eu esqueci. depois tipo que apareceu na casa dela um homem novo escuro falando comigo conversar que não deu pra escutar apareceu também uma mulher muito rápido que não deu pra ver o rosto mais eu percebi que ela ficou raiva de mim e me jogou uma praga feitiço e logo apareceu outra mulher explicando o que eu tinha que fazer pra praga ser retirada mais eu escutei mais esqueci o que ela disse na ida pra casa eu subindo a passarela da linha de trem apareceu um cão negro de olhos vermelho tipo que me seguindo mais só que ele está na linha e eu subindo a passarela chegando na rua que eu moro todos os homens estavam ali apareceu do nada de uma colega que eu nunca mais vi aparecer e chamar todos eles inclusive meu marido para passar a mão numa espécie de lâmpada e o que eu lembro quando meu marido passou a mão ela acendeu e logo depois ela falou que ia falar o que significa mais eu acordei

Sonhei que estava em um prédio, não

Sonhei que estava em um prédio, não conheço e nunca vi, onde conheci algumas pessoas, eu estou em um relacionamento, mas eu conheci um cara que estava solteiro e me olhou com os olhos que o meu namorado não tem para mim, me achou linda, me tratou exatamente do jeito que eu gostaria de ser tratada, me fragilizei, me deixei levar e fizemos sexo, foi errado, fiquei o sonho inteiro pensando no meu namorado. Peguei o Instagram dele e arquivei as mensagens para o meu namorado não ver, só que no sonho ele não aparecia. Havia perdido meu amante de vista, até que ele manda mensagem de novo para nós encontrarmos de novo, nos encontramos e fizemos sexo de novo, era muito bom, mas eu sabia que era errado. Eu não tinha coragem de terminar com meu namorado, o meu amante era bonitão e atencioso, toda hora queria me ver e fazer sexo comigo, eu fiquei muito confusa no sonho, até que minha mãe chegou e falou que o que eu estou fazendo é errado, que eu devia terminar com meu namorado, mas eu não tive coragem. Outros homens me chamavam para transar, mas eu queria apenas o outro. O amante era sarado, alto, negro e muito lindo de rosto, eu estava apaixonada, mas eu não queria largar meu namorado.

Sonhei que via uma matéria sobre carros

Sonhei que via uma matéria sobre carros antigos e novos do cantor Roberto Carlos; via ele cantando uma música chamada o divã e se emocionando. Depois sonhei voltando a escola e vendo um vídeo que meu colega me mostrava de dois ratos brigando. Depois sonhei que ia pra igreja e via um suspeito olhando para me assaltar; consegui chegar na igreja e os irmãos alertava o bandido para não entrar pois chamaríamos a polícia.

Estava no meu escritório num primeiro andar

Estava no meu escritório num primeiro andar reunido com o meu chefe directo, veio o segurança dizer que há umas pessoas querendo falar comigo, eu recusei os seguranças vieram de novo dizendo que estás pessoas queriam forçar a sua entrada no escritório. O meu chefe zangou-se com a situação e disse-me que ia ter com estas pessoas para impor ordem. Ele saiu e eu olhei para a janela e era uma das empregadas da empresa com toda a sua família, para falarem comigo sobre uma gravidez que diziam que eu era o pai. Eu fiquei aflito porque na parte superior tinha apenas vestida uma camisola interior, vesti a camisa as pressas com medo que eles entrassem no escritório e me apanhassem sem camisa. Por me recusar a sair do escritório eles fizeram uma cerimônia de casamento, que segundo a cultura deles é a cerimônia que se faz quando o noivo está morto. Dançavam e cantavam no estacionamento e um deles apanhou do chão uma miniatura espalmada de um cavalo preto com as patas dianteiras no ar e levantou a miniatura ao ar, meu foco fixou na miniatura.

Sonhei que era de noite, e eu

Sonhei que era de noite, e eu estava em um lugar que ao mesmo tempo parecia uma selva, mas também um corredor, estava na minha forma humana, até que senti a proximidade de alguém e virei uma pantera, e era a Yas pulando em cima de mim igual um gato, ela era uma espécie de leoa não sei explicar, mas a gente ficava brincando igual dois gatos filhotes, ela se escondia e eu caçava ela e vice versa, até que ela me mordia e eu ficava fazendo drama dizendo que doeu, mas não tinha doido nada, aí nisso eu virava humana de novo, me despedia dela e ela ia embora, nisso eu seila onde eu dormia mas já era dia e a Lara tava na porta de casa, era ela e ao mesmo tempo não era, não sei explicar, ela tava extremamente puta xingando e querendo saber o que eu era dela e eu só conseguia olhar pra ela completamente apática, até que ela cansava de brigar sozinha e ia embora. Eu saia de casa, que era no alto de uns tijolos de cimento, e ia descendo, até que tinha, uma pantera enorme e um leão, um do lado do outro, e eu só conseguia lembrar da minha tia falando que se eu um dia encontrasse eles era melhor só aceitar que ia morrer, era impossível fugir deles, mesmo assim eu corria, tentava não mostrar a eles que eu tava me movimentando e ia subindo nos lugares, num portãozinho que parecia o da minha bisavó materna, e eles me achavam, até que eu tentava subir num monte de tijolos igual eu tenho aqui em casa e de novo só lembrava da minha tia falando que ele poderiam ultrapassar até duas alturas daquela, mas mesmo assim tava correndo, até que cheguei no fim da linha da corrida nos telhados e só tinha um único lugar pra ir, era pular num lugar fundo mas que eu já sabia que a pantera iria me pegar assim que caísse. Não sei o que fiz pois acordei

Sonhei que estava indo para a casa

Sonhei que estava indo para a casa de uma amiga, pois meu namorado precisava ir para resolver algumas coisas para ela, já que é também advogado dela. Chegando lá, percebemos que estava acontecendo uma festa, da qual não fomos convidados. Porém, por educação a nossa amiga nos chamou para ficar. Eu sai um pouco de perto do meu namorado, e quando voltei ele estava conversando com uma mulher negra que tinha 3 filhos e ele conversava com ela na intensão de conseguir mais serviço como advogado. Eu chamei ele para dizer que deveríamos ir embora, já que a Ana só chamou para ficarmos por educação. Na hora que interrompi a conversa doles para tentar falar isso, ele ficou muito estressado. Gritou e me xingou tanto que tive medo dele. Depois disso, fomos para casa de moto. No caminho, alguém atropelou um gato branco e estranho na nossa frente, que ficou muito ferido. Na mesma hora eu tive a intensão de pegar o animal para cuidar, mas meu namorado me olhou tão bravo que não tive coragem de pega-lo. Por sorte, o moço que atropelou o gato estava disposto a levar o animal e cuidar dele. Com isso, resolvemos continuar nosso caminho para casa, e eu tive ideia de ir carregando meu namorado na garupa enquanto eu dirigia a moto, porém a moto ficou pesada de mais para mim e caímos, fazendo com que ele tivesse que voltar a nos carregar. Quando voltamos para casa, eu fui para o estágio, porém não era no mesmo local que já faço, era um lugar novo que eu havia começado a fazer estágio. Por algum motivo, o lugar parecia escuro e amedrontador. Na hora de sair do estágio, vi o homem que havia atropelado o gato na mesma rua em que o animal havia sido atropelado. O gato ainda estava com a sua patinha torta porém se encontrava com pontos nas costas. O homem estava dando um remédio para ele. Eu fiz carinho no gato antes de seguir para casa. Em casa, me sentei em uma mesa e comecei a me sentir mal. Quando olhei para baixo, tinha um buraco pequeno em minha barriga. Desse buraco, saia um pedacinho do meu intestino para fora. Comecei a gritar minha mãe, mas como tenho vergonha de gritar, o grito saiu baixo. Mesmo ela tendo ouvido, ficou dizendo que já ia, que só ia terminei o serviço, enquanto isso eu gritava para ela vir, porém ela demorou achando que era bobagem. Quando ela enfim veio, viu o meu intestino que agora tinha saído muito mais e resolveu me levar na médico. Nessa hora, já não era mais um pedacinho apenas do intestino, mas uma parte grande. E quanto mais tempo minha mãe e meu pai demoravam para arrumar nossas coisas para ir no hospital, mais meus órgãos iam para fora. A ponto de até mesmo o pulmão direito ficar para fora. Me lembro de dizer que não conseguia ir para o carro e deviam chamar uma ambulância. No tempo que meu pai chamou e a ambulância começou vir, muito sangue saiu da minha boca. Nessa hora, eu e meus pais nos desesperamos pela certeza de que eu não aguentaria. Já na maca da ambulancia, comecei a dizer, principalmente para minha mãe, que destratava dizer aquilo, mas que, se caso acontecesse algo comigo, nao queria que ninguém ficasse o resto da vida triste, queria que fosse capaz de seguir em frente e ser feliz. Enquanto minha mãe falava que não conseguiria, pois era muito para ela aguentar, eu acordei .

No ano novo minha namorada vem pra

No ano novo minha namorada vem pra minha casa ficar comigo, ate que durante ela começa a falar de outro homem, agente discute, e eu entro tomar banho, quando eu sai do banheiro, ela tinha me abandonado pra ir ficar com o outro homem, e eu saio procurar ele, mas nao acho.

Estava numa praia era ano novo ,

Estava numa praia era ano novo , estava numa correria pois tinha acabado de descobrir uma doença mas no sonho eu tinha certeza que era o governo fazendo a cabeça das pessoas, estava com amigos desconhecidos quando escutando vários tiros e era soldados mata tão toda aquela multidão no ano novo corri para me esconder mais o guarda me achou e atirou em mim

Estava em uma casa , com algumas

Estava em uma casa , com algumas pessoas , na rua estava tendo uma confusão , de repente uma pessoa entra armada na casa e atira atingindo uma das pessoas no ombro e eu no pé , logo depois apareço brincando com um gato , depois estou na garagem com um homen de cabelo longo e barba grande tentando funcionar um gerador , logo que conseguimos funcionar , saímos dali e caminhamos ao lado da casa quando do nada as roupas somem ele continua caminhando na frente , eu para e me deparo com duas correntes na lateral da casa eu as corto e entro na mesma porta que o homen entrou , mas logo que entro a casa nao e a mesma , tudo está diferente os móveis , as portas e as janelas são vermelhas , mais então faço o caminho de volta tentando voltar a casa anterior mais a casa mudou para outra diferente mas desta vez com as portas e janelas verdes , quando vou entrar nela tem uma senhora , penso em recuar sem que ela perceba fecho a porta devagar mais resolvo abrir novamente e olhar de novo , mais tem outras pessoas junto com essa senhora , que me chama para adentrar a casa quando entro ,me encaminho até a sala onde tem várias estantes com tvs e cada um aponta para uma tv , pergunto oque está acontecendo um deles responde , você quer saber , eu digo que sim , então o outro responde , você morreu , eu pessoa para saber o motivo e então um deles fala para escolher uma das tv para saber o motivo escolho uma que estava próxima de mim que tinha uma garotinha que estava na frente , na tela aparece uma mensagem estilo texto de watzapp i eu não consigo ler , neste momento acordo .

Meu sonho foi muito estranho, porque aparecia

Meu sonho foi muito estranho, porque aparecia muito uma figura infantil, como se fosse uma criança, talvez uma filha minha que nao tenho fora do sonho, ao mesmo tempo eu estava em uma lugar arejado aberto, com uma caixa gigante muito chique que era um caxão, dentro dele tinha uma mulher que no sonho eu a conhecia, mas nao consigo saber quem é, e ela se levantava da caixa como se tivesse ressucitada, e ficava um pouco fora da caixa esperando por alguem , mas o prazo dela era rapido, porque as costas dela começa ficar preta, ela tinha de volta para caixa, falecia novamente, e em seguida saia de novo, ao mesmo tempo tive a sensação de que a falecida, nao era mulher era meu vô que ja faleceu a mais de 5 anos, e aquela criança as vezes vinha, algumas pessoas estranhas tbm passava por la, e eu o tempo todo preocupada e com medo da falecida, porque ela morria e revivia, e tinha aquela mancha preta nas costas quando ficava muito tempo fora da caixa,e ainda começava ter cheiro ruim, mas no sonho ela me passava uma mensagem, de espera, como se ainda nao estivesse na hora, que precisava esperar alguem.