Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes Página 5

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Ia ao banheiro defecar e me deparava

Ia ao banheiro defecar e me deparava com uma privada ou caixa onde alguém havia defecado, mas ao invés de fezes tinham vacas na caixa, havia uma com a cabeça separada do corpo e eram 3 ou mais ao total. Uma estava viva se movia e olhava para mim ao fim eu dei descarga e elas foram com a água. Também tinha uma outra privada com fezes reais. Obs: as vacas tinha aspecto de fezes, cor e aparência.

Meu sonho eu tinha saído para rua

Meu sonho eu tinha saído para rua e quando eu chegava na terceira janela tinha um tiro na frente da casa o buraco era grande dentro do quarto o buraco era pequeno e no quarto tinha minha rede armada na testeira da cama tava o meu irmão e quando eu chegava e via ficava com medo e ainda no sonho eu vi aqui tinha sido dois homens de moto e dava apenas um tiro e eu tivesse deitado na rede iria na cabeça

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma

Sonhei que cheguei num lugar normal, uma casa humilde de alvenaria, com uma escada um pouco elevada e ampla sem vedação. Estacionei o carro e desci. De fronte a casa ao pé do sopé da escada estava uma mulher sentada e crianças a brincarem ambas do sexo feminino mas uma é que me seguia, Outras pessoas, jovens quase na minha faixa etária estavam no nível acima do sopé que dava acesso a varanda. Eu sentei com a mulher a conversar mas de repente dei falta dos meus chinelos cor de rosa claro. Perguntei mas ninguém deu me atenção. Então levantei subi a elevação da escada e quase no chão da varanda no murro largo que delimitava a escada senti-me numa posição em que o meu a planta doeu pé estava virada para cima. Subiu uma mulher e remexeu nas coisas que estava numa prateleira na parede interna da varanda, então derrubou sem querer um recipiente com água, a água escorreu chão e escada a baixo. Ela disse algo que não percebi, então olhei para a planta do meu pé e estava sujo. Daí desci para procurar chinelos. Fui em direção ao carro, a criança me seguiu e não falava nada, de repente vislumbres o carro com portas traseiras abertas e o par de chinelos estava lá, simetricamente deixadas no chão do carro e os chinelos tinham marca ligeira de sujidade onde aceita a planta dos pés, me espantei por ver a cor porque eu não tinha chinelos rosa-claro. Então pensei que só podiam ser da minha namorada apesar de serem do meu tamanho, e que teria sido a criança que me seguia que deixou lá. Então olhei para a criança para ter certeza que tinha sido ela. Mas quando olhei de volta, o meu carro não estava lá. No entanto um pouco mais afastado da casa tinha uma espécie de lixeira, com ramos e restos de árvore re em cortados e deixados lá ainda com folhas verdes. Aproximei e a criança seguia-me se falar nada. Chegado lá vi um caro que parece que tinha acidentado pás com a parte frontal removida. Examinei o carro e dentro do carro no banco de trás havia roupa bem dobrada. Perto daquele carro tive a sensação de que alguém podia ter morrido naquele carro. Mas nada de sangue ou vestígios de estragos, entretanto continuava com aquele mau pressentimento. Foi quando do nada apareceu outra criança negra do sexo feminino com carta arredondada e uma expressão séria e fechada. Quis testar se ela era um fantasma ou demônio então segurei a firme pelo braço junto da articulação do ombro e pronunciei Deus mas a minha voz não saia bem fiz força para libertar minha voz mas não saía por completo. Nesses esforço de querer invocar Deus enquanto a seguva firme e ela olhando fixamente para mim. Fui transportado para minha cama onde eu estava a dormir. E enquanto segurava ainda na criança misteriosa e mesmo que já sem vê-la sentia que a segurava invocando Deus mas minha voz mal saía. Então, então olhei para o lado e eu ví uma luz dourada num padrão lindo no ar e a luz materializou se em uma figura masculina imponente mas à medida que aproximava a figura transformou-se em uma bela moça de cor bronze e uma marca que lembra estrela mas de cor preta na bochecha Direita. Importa dizer que quando via luz deixei de sentir a criança. E na cama eu estava dentro da rede mosquiteira. Quando a linda moça chegou bem perto de mim ela queria dizer algo mas a voz dela não saiu e só sorria para mim. E De repente senti e vi que não estava sozinho na cama. Estava meu filho mais velho de 13 anos e uma outra moça que não vi o rosto mas sentia a do mesmo jeito que sentia meu filho, o rosto do meu filho vi nitidamente. Eu implicava a moça linda com a marca na bochecha para ficar comigo mas meu filho e a moça que está com ele na minha cama diziam que não era necessário ela ficar que eles os dois me virariam e a linda moça com gestos concordou e apontou que eu devia estar confiar neles. Daí eles tocaram me na barriga e com os dedos pressionaram minha barriga e eu senti arrepios, não medo só uma sensação que energia no meu corpo e acordei.