Teu Sonho Logo

Sonhos Recentes contém falar

Menu botão

Os Sonhos Mais Vistos

Coleção De Sonhos - Busca Sonhos

Sonhos no banco de dados cadastrados para serem analisados ​​e interpretados - pesquise sonhos contendo os símbolos do seu sonho


Meu avô eu estava na casa dele

Meu avô eu estava na casa dele e estava vivo porém morrendo aos poucos,muito sangue saindo pela boca sofrendo de mais, ele tentava me avisar de alguma coisa, eu fiquei muito mal pois ele estava morrendo e ele não conseguia me contar quem foi, parecia ser meu namorado que fez isso con ele porque toda vez q ele tentava falar o que houve ou o que tinha para me avisar meu namorado não deixava mais não era ele era como se fosse o demônio no corpo dele, todos tentavam me avisar algo mais era só olhar pro meu namorado eles não falavam ficava com medo dele

Sonhei que estava em uma cidade que

Sonhei que estava em uma cidade que já morei a anos atrás, e estava mostrando ela a uma amiga, de repente estava a noite e as pessoas correndo, tinha um elefante pequeno, ele era meio diferente de um ele elefante comun, e tinha outro animal estranho, era meio cachorro e meio porco e esse corria pra atacar as pessoas. Todo mundo correu e nos ficamos, ele veio em minha direção e se bateu em minhas pernas, eu comecei a cantar e esses animais dormiram, chegou um rapaz de moto, eu pedi ajuda e ele negou, depois ele voltou e disse que não conseguia ir sem nos ajudar, ele ligou a moto enquanto eu cantava pra o animal dormir, eu subir na garupa e fugimos, durante o percurso ele alisava a minha mão, e colocava ela na cintura dele pra eu segurar, eu me sentir bem e com confiança( eu não sei quem era o rapaz da moto) depois ele me deixava em uma antiga republica que morei, encontrava minha amiga e saimos atrás de um rock(festa que se fala la)entramos eem uma casa estranha de andares, tinha muita gente, mas não era festa, eu cruzava com o rapaaz da moto,tento falar com ele e ele fingi que não me conhece.então vou percorrendo a casa ate que subo a uma sala estranha, decorada de halloween e cheia de coisas estranhas, um corpo no chão. Logo chamo manhã amiga e descemos para sala, no caminho encontro pessoas familiares, outra amiga, uma prima. E nessa sala começam a falar de rituais espirituais e eu sinto muito medo, sento em uma escada para não ver, mas consigo escutar e sindo medo e ansiedade. Em seguida eu digo, a mulher está andando no corredor do meu lado, eu escuto os passos dela indo e vindo. De repente ela vem em minha direção, como se alguem estivesse tomando o corpo dela, ela me olha com raiva e tenta vim em minha direção, ass pessoas que estavam ao redor não deixam q ela chegue ate mim, ela me passar um recado, de que preciso me livrar das amarras que fizeram para mim. Eu vou embora com minha amiga,descemos a escada,ao chegar na rua minha prima me espera com um carro, vou eu e duas amigas, eu abro a porta da frente pra entrar, quando minhas amigas vão a abrir a porta do fundo, eu vejo um cadeado no lugar e ele esta trançado, eu dou risada e falo com minha prima, um cadeado fechando a porta do carro. E ela diz, nao e meu, saímos e começamos subir uma ladeira que da a minha antiga faculdade,so que tinha gelo na ladeira, mas subimos tranquila, chegando lá a faculdade vazia, eu apresentava a elas, porém fora tinha muitas pessoas. Eu queria encontrar as pessoas que conheci quando morei la, mas todas as pessoas eram desconhecidas

Eu estava em uma casa com a

Eu estava em uma casa com a minha família e chegou um grupo de pessoas todos de preto como se fossem da igreja, levantei para me retire e uma mulher colocou a mão na minha testa, foi onde eu cai e um cara começou a falar várias coisas. eu via uma água escura como se fosse sangue flutuando. Depois disso comecei a me questionar e ver duas pessoas iguais no meu sonho

Eu sonhei com uma pessoa e me

Eu sonhei com uma pessoa e me apaixonei por ela no sonho depois ela morreu antes de eu falar que a amava no sonho e isso me deixou meio aflito quando acordei

Sonhei que estava cavalgando em um cavalo

Sonhei que estava cavalgando em um cavalo preto, mas não era somente eu avia outras pessoas desconhecidas cavalgando em outros cavalos pretos e eu não sabia cavalgar direito,o caminho era muito difícil era entre alguns galhos secos e o caminho escuro, e uma subia muito mas muito difícil mesmo, até a gente chegar em um local meio pequeno e assim que chegamos lá tínhamos que ficar sentados até uma mulher foi chamada e subiu uma pequena escada que ficava ao lado de onde eu estava sentada e ela subiu e sentou no chão de frente a 3 bacias e começou a ficar brincando com alguns bonecos, até que eu fui a próxima a ser chamada, mas param era diferente falaram que uma mulher queria me ver de pressa, chegando era um quarto fechado estava ela e um homem sentados ao redor de uma mesa e ele olhava para mim e chorava e ela falava que avia algo preso a mim que ela podia ver ele na barra do meu vestido e dizia que eu precisava tomar cuidado com minhas amizades, ou algo do tipo, então eu sair da sala o homem continuo olhando para mim e chorando, foi quando eu vi alguns urubus parados me olhando e outros acababando de pousar em alguns galhos, e me lembro de chorar muito muito mesmo, e foi então que acordei chorando e me sentindo muito fraca.

Eu sonhei que estava indo para a

Eu sonhei que estava indo para a minha casa de carro, quando no meio da eu encontro meu ex e seus amigos. Quando eu cheguei em casa fui me arrumar para uma festa de casamento que eu iria com a minha amiga, chegando lá eu precisava muito ir no banheiro, então eu fui, e o melhor amigo do meu ex estava lá. Conversamos um pouco e ele me perguntou se o João Vitor (meu ex) estava namorando, eu disse que não sabia e perguntei o pq, ele disse que ele vive de mão dada com uma menina,mas não parava de falar de mim e disse que estava com saudades de mim.

Acordei com o sonho de a pessoa

Acordei com o sonho de a pessoa que eu amo, acompanhada da mãe dela, as duas vestidas de preto. Ela a querer falar comigo sorridente. A mãe dela estava de lado para mim. Não estava de frente para mim. De referir que atualmente eu e ela estamos separados.

Parecia que tinha várias crianças brincando de

Parecia que tinha várias crianças brincando de algo, parecia um aniversário, em uma casa que tinha elevador, daí o menino estava agachado de tocaia, esperando em uma sala, que estava meio escura e não era tão grande, parecia uma sala normal, só que menor, ele tava esperando qualquer sinal do elevador fazer barulho pq ele saberia que era alguém estava vindo, o elevador fez barulho, só que daí vieram todas as crianças de uma vez em cima dele, brincando obviamente, só que caiu tipo, algo grande de vidro, em cima delas, a impressão é que tinha saído da TV, mas não tem como, so que quando isso caiu as crianças estavam todas no mesmo lugar, e juntas, aí começou a aparecer elas deitadas no chão e mais vidro grande surgindo no meio delas e se multiplicando, e elas começando a se cortar, ficarem esquartejadas com aquele tanto de vidro, umas perderem a orelha, língua??? e outras partes do corpo, parecia que os vidros que se multiplicavam estavam aparecendo de forma que se elas fizessem movimento ou ficassem em cima, ja acontecia isso, e o chão começou a ficar cheio de sangue e criança deitada no chão morta, com vidro em volta, ai elas ficaram ali no escuro tentando sair e levantar mas sendo mortas e esquartejadas no meio de um tanto de vidro, eu não vou conseguir explicar a cena------- parece sem sentido, enfim, não vou conseguir explicar daí parecia que eu estava na parte de cima dessa casa ou sei lá, e minha mãe tinha chegado, minha tia tbm, daí eu fui tentar falar pra elas o que tinha acontecido e parecia que só sorriam ou faziam brincadeiras e não me levavam a sério, nem que me escutavam de verdade, como qualquer coisa séria que eu tento dizer, eu falei que estavam esquartejas e mesmo assim-- daí eu levei elas até o local, não tinha mais criança nenhuma, as mães tinham achado e levado, não me lembro se ainda estava com sangue, mas mesmo ALI VENDO, elas não me levaram a sério e continuaram de bobeirinha com a minha cara... eu tentei dizer pra elas, eu mostrei onde tudo aconteceu, acho que estava tudo ensanguentado, e mesmo vendo, não me levaram a sério, nem me escutaram, era tipo "Tá tá isso aconteceu, mas e...." dai começava as bobeirinhas e eu agoniada tentando dizer o que foi, parecia que eu estava quase implorando pra dar atenção real ao que eu estava dizendo, pq tavam só dando aquela falsa sensação de "estou ouvindo" "tá tá, já ouvi, mas e daí? kkkk você não sabe o que aconteceu hoje no mercado" enquanto isso um monte de crianças já tinham sido mortas e feitas de pedaços lá embaixo

Lembro que se encontrava no meio de

Lembro que se encontrava no meio de uma rua deserta parada, quando escuto uma voz que me falava pra ficar com o menino que eu gosto, mais eu dizia que não queria e não gostava mais dele e que ela não iria me obrigar, ela tentou me puxar e me obrigar a ficar com ele, falando que eu não tinha escolha, estávamos sozinhas, a voz era feminina, me deixa com muito medo escutá-la falar... quando ela quis me levar a força eu rapidamente me saí dela e corri em direção a longa rua, com se fosse haver alguma saída.. foi então que me vi viajando entre portaes como se estivesse indo pra outro mundo, quando agressivamente ouço-a dizer: você pode não me pagar nessa vida, mais certamente na outra irá. Eu acordo e vejo um rosto no escuro do quarto me encarando.. então fico com medo e fecho os olhos, quando abro-os novamente td estava em silêncio e não havia mais ninguém, se sentia apenas o imenso silêncio do quarto ... essa foi uma noite que me trouxe medo e calafrios

Eu estava na minha igreja, mas era

Eu estava na minha igreja, mas era um lugar diferente, mas com as mesmas pessoas que conheço, eu estava no data show, aí o louvor começou a cantar inglês, uma música de um filme que eu gosto, eu fiquei perdida, porque ninguém me disse que música séria e o que eu tinha que fazer naquela noite, depois descobri que tinha ido umas pessoas que só sabia falar inglês para o culto. Meu pai também tinha ido, mas ele não demorou muito, e foi para casa. Eu já irritada que ninguém me falava nada eu deixei tudo lá e também fui embora, mas antes uma amiga tinha que ir para casa mas ela morava muito longe e eu sabia que era perigoso. Então disse que ia até a metade do caminho, só que estava muito escuro e perigoso, então eu disse para ela dormir em casa, então voltamos, aí foi aí que tudo começou, o objetivo era voltar para casa, mas enquanto mais a gente tentava, mais perdida ficava, acabamos em um monte de lugar, na casa de umas crianças que tinham balões gigantes coloridos e que tinha um irmão bonito de cabelos longos que tocava em uma banda, passamos por ruas que pareciam as vezes o lugar que eu moro, mas as vezes são Paulo, o lugar de onde vim, fomos para em um shopping onde tinha sala com visores gigantes que mostrava pessoas, e eu estava muito preocupada por que passava das onze e não conseguia falar com meus pais dizer que eu estão bem. Continuamos indo, até chegar em uma rua que parecia muito perto de casa, fiquei muito animada, mas depois vi que não, era outra rua parecida de são Paulo, vimos algumas casas e decidimos bater, pedimos ajuda para falar com nossos pais, era um escritório dentro, cheio de gente,antes o dono do telefone deixou que o genro se resolvesse com filha dele, enquanto eu esperava vi que era 23:05, quando peguei meu celular vi que pegava wi-fi, falei para minha amiga, ao tentar mexer no celular um site apareceu todo verde, era de um cara que estava na minha frente, ele sorriu para mim, uma mulher de cabelos longos preto me disse sorrindo: as vezes tentando ajudar um amigo esquecemos da lealdade. Depois que acordei percebi que no celular indicava quase meia noite, mas quando andávamos nas ruas estava tudo de dia.